UFC muda de novo o adversário de Edson Barboza no próximo dia 10

Finlandês será o oponente. Atleta friburguense tenta quebrar sequência ruim e ganhar posições no ranking dos pesos-pena
quinta-feira, 01 de outubro de 2020
por Vinicius Gastin
UFC muda de novo o adversário de Edson Barboza no próximo dia 10

Pelo menos cinco nomes foram especulados, dois deles chegaram a ser confirmados, mas Edson Barboza terá novo oponente no próximo dia 10 de outubro. O nigeriano Sodiq Yusuff desistiu de participar do evento, por motivos ainda não revelados, e desta forma, o friburguense, agora peso-pena, enfrentará outro adversário em busca da primeira vitória na categoria. O UFC chegou a especular nomes como Mike Bohn e Nolan King, do MMA Junkie, mas definiu o finlandês Makwan Amirkhani como rival de Edson.

Embora mude o estilo de luta e seja necessário rever alguns pontos da estratégia para ser eficaz no octógono, Barboza já está em preparação para o evento há algum tempo. Fisicamente o atleta de Nova Friburgo está preparado, fato este que os integrantes de sua equipe fazem questão de destacar nas redes sociais. O friburguense tentará se recuperar de uma sequência negativa na organização.

Depois de duas derrotas consecutivas no peso leve, Barboza decidiu lutar no pena este ano. Ele perdeu sua primeira luta no peso pena contra Dan Ige por decisão dividida no UFC em 16 de maio. Apesar da derrota, Barboza agradou pelo desempenho na estreia, e alguns fãs e especialistas acharam que ele deveria ter vencido o combate naquela ocasião.

Embora ainda não tenha vencido, o lutador figura em posição bastante razoável no ranking da divisão, ocupando o 14º lugar. Uma vitória sobre Amirkhani pode levar Barboza a uma briga entre os dez primeiros do peso pena. O último triunfo aconteceu em dezembro de 2018, quando bateu Dan Hooker por nocaute

O oponente, conhecido como “Sr. Finlândia”, entrará na disputa após uma vitória em julho sobre Danny Henry no UFC 251, na Fight Island. O finlandês venceu três de suas últimas cinco lutas, o que inclui um bônus de Performance of the Night nesse período. Uma vitória sobre Barboza poderia ser considerada como o maior feito do atleta em seu início de trajetória no Ultimate.

Dentre idas e vindas, Edson enfrentaria o nigeriano Sodiq Yusuff. Antes, a organização chegou a ter um acordo verbal para um duelo Jeremy Stephens, mas a equipe do americano optou por adiar seu retorno ao octógono, uma vez que retornou recentemente aos treinos iria dificultar a meta de bater o limite da categoria peso-pena (até 66 quilos) em outubro.

O duelo entre Edson Barboza e Amirkhani será o co-evento principal do card de 10 de outubro, que terá como luta principal o friburguense Marlon Moraes enfrentando Cory Sandhagen, pelo peso galo. Uma vitória pode aproximar “The Magic” da sonhada segunda oportunidade de disputar pelo cinturão da organização.

Os dois friburguenses tentarão reforçar e melhorar os números dos brasileiros participantes do UFC no primeiro semestre de 2020. De janeiro até junho deste ano, o Ultimate realizou 16 eventos, e houve lutadores do país presentes em 13 desses cards.

LEIA MAIS

Em nova categoria, lutador friburguense tenta escalar rumo à disputa do cinturão

Lutador friburguense terá que cumprir descanso e se afastar de treinos por, no mínimo, um mês

Lutador friburguense amarga sequência ruim, é nocauteado, mas deve seguir prestigiado pelo UFC

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: UFC