SuperaRJ ultrapassa R$ 54 milhões em créditos para micro e pequenos empresários

Mais de 4.700 empreendedores foram beneficiados pelas linhas de financiamento da AgeRio, inclusive em Friburgo
segunda-feira, 23 de agosto de 2021
por Jornal A Voz da Serra
SuperaRJ ultrapassa R$ 54 milhões em créditos para micro e pequenos empresários

Mais de R$ 54 milhões em créditos foram concedidos pelo SuperaRJ a micro e pequenos empresários em todo o estado, incluindo Nova Friburgo. A AgeRio (Agência Estadual de Fomento) liberou os empréstimos para mais de 4.700 microempreendedores individuais, autônomos e profissionais informais; e para micro e pequenas empresas.

Os créditos do SuperaRJ estão ajudando a movimentar a economia de mais de 80 municípios fluminenses. A intenção é, até o fim do ano,  oferecer R$ 300 milhões para manter pequenas empresas e fomentar novos negócios. "É um passo importante para a retomada do desenvolvimento pós-pandemia",  afirmou o governador Cláudio Castro.

Entre os principais segmentos já beneficiados pelas linhas de crédito estão: comércio varejista de artigos do vestuário, lanchonetes, restaurantes, manicure/pedicure, cabeleireiro(a), costureiro(a), serviços de organização de feiras e congressos.

O projeto chegou a todas as regiões do estado, atendendo 83 municípios. As cidades fluminenses que mais tiveram contratos aprovados foram Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, São Gonçalo, Belford Roxo,  Niterói, Magé, São João de Meriti e Petrópolis, além de Friburgo.

Os financiamentos de até R$ 50 mil atendem a micro e pequenas empresas; cooperativas e associações de pequenos produtores; microempreendedor individual; agricultores familiares; profissionais autônomos, inclusive agentes e produtores culturais; empreendimentos da economia popular solidária; empreendedores sociais, empreendedores que atuam em comunidades e negócios de impacto social.

 

LEIA MAIS

Foram destinados cerca de R$ 125 milhões para empreendedores e pequenas empresas

Setor hoteleiro registrou média de 65% de ocupação. Expectativa era de 80%, mas mau tempo desanimou os visitantes

Segmento foi responsável pela recuperação de 90% dos empregos industriais fluminenses perdidos durante a pandemia

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: negócios