Smomu adia vistoria anual de táxis para outubro até dezembro

Decisão para que ocorra junto com a dos motoristas de aplicativos atende a uma reivindicação de sindicato
quinta-feira, 02 de setembro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Foto: Henrique Pinheiro
Foto: Henrique Pinheiro

Após amplo diálogo com a categoria dos taxistas, a Prefeitura de Nova Friburgo, através da Secretaria Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana (Smomu), optou por adiar a vistoria anual de táxis para que ocorra no mesmo período que a vistoria dos motoristas de transporte por aplicativo, divididos em diferentes turnos, entre 13 de outubro e 10 de dezembro de 2021.

Os procedimentos serão realizados na sede da Smomu, situada na Rua Vicente Sobrinho, 80, em Olaria. Outras informações podem ser obtidas através do telefone (22) 2526-9261.

A decisão atende a uma reivindicação do Sindicato dos Taxistas, que vinha reclamando de disparidades de tratamento às duas categorias.

LEIA MAIS

Devido à pandemia, novos protocolos estão sendo utilizados nas blitzes de fiscalização desde o ano passado

Previsão para feriadão de Aparecida ultrapassa o da Independência, quando 120 mil veículos cruzaram principal estrada de acesso a Friburgo

Secretaria de Educação informa que escola ainda passa por adequação a protocolos; prefeitura exige providências da Faol, que ofertará mais uma partida

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra