Recurso do Google que permite ver animais em 3D vira a "febre" da quarentena

Em certos celulares, é possível transportar as imagens dos bichos em tamanho real, rugindo ou grunhindo, para qualquer ambiente
quarta-feira, 22 de julho de 2020
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)

Virou uma febre nesses tempos de quarentena, sobretudo entre as crianças trancadas em casa, um recurso da ferramenta de buscas do Google que permite a visualização de animais em 3D e tamanho real. Em certos celulares, é possível ainda transportar a imagem dos animais em movimento e emitindo sons característicos para qualquer ambiente, fechado ou aberto.

Assim, é possível fotografar ou filmar, por exemplo, um tubarão nadando junto às árvores da rua, um dinossauro ameaçando os pedestres ou um urso passeando dentro de casa. Os animais podem  ser aproximados e girados enquanto rugem, grunhem, nadam, voam. 

A tecnologia de realidade aumentada foi lançada pela Google no ano passado, mas se tornou mais conhecida no Brasil há cerca de três meses. O recurso permite a visualização em 3D a partir de uma simples pesquisa por determinados animais, como tubarão, dinossauro, cachorro, leão e tigre. 

Como funciona:

  1. No campo de buscas do Google, basta pesquisar o animal desejado pelo nome.

  2. Clicar na opção “Veja em 3D”, que deverá aparecer mais abaixo.

  3. Ao abrir a imagem, dependendo da tecnologia suportada pelo modelo do celular, poderá aparecer a opção “Veja no seu espaço”.

  4. Permitir acesso à câmera.

  5. Apontar a câmera para o chão e mover o celular para cima, até aparecer o animal em movimento.

  6. A partir daí, é só brincar com a ferramenta.

Como saber se o celular é compatível

Segundo o site especializado Techtudo, todos os smartphones com Android 7 ou superior e iPhones com iOS 11 ou superior possuem suporte para a ferramenta de observação em 3D da busca do Google. O problema é que nem todos podem utilizar do recurso "Ver no seu espaço", já que uma outra tecnologia é necessária para isso, a ARCore, que é a plataforma para a Realidade Aumentada do Google. E também é necessário que o celular tenha CPU com capacidade o suficiente para rodar todas as variações de imagem em tempo real.

Os aparelhos que suportam essa função são: iPhone 6S ou superior, incluindo o iPhone SE e modelos de iPad e iPod touch 7ª geração. Samsung linha A, a partir do A3 ao A90 5G, linha J com J5, J5 Pro, J7 e J7 Pro, linha Note, do 8 em diante e linha S, do S7 em diante, além de modelos mais recentes como o Galaxy Z Flip.

A linha G da LG a partir do G6, modelos Q6, Q7, Q8, V30, V30+, V35, V40, V50 e V60 Thin Q. Linha G do Moto G a partir do modelo G5S Plus em diante, Moto Z2 em diante e modelos da linha Motorola One.  Outras marcas como Xiaomi, Huawei e Asus também possuem aparelhos que rodam a função de "Ver no seu espaço".

Também é possível verificar se o celular Android roda o recurso buscando pelo app Google Play Services AR na Google Play Store.

 

LEIA MAIS

Novos leitos no Raul Sertã ajudam, mas taxa de ocupação tem ligeiro aumento

Há vários anos data vem sendo antecipada em Friburgo de outubro para a terceira segunda-feira de agosto

Funcionamento no último sábado foi excepcional devido ao Dia dos Pais

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra