Prefeitura ainda vai comprar mobiliário para espaço que já foi inaugurado

Estimativa é de R$ 99.781,49 para a aquisição de 24 armários, seis cadeiras para camarim e outras 156 estofadas, entre outros
sexta-feira, 04 de setembro de 2020
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
A Estação Cidadania, na antiga Praça CEUs, na Via Expressa (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
A Estação Cidadania, na antiga Praça CEUs, na Via Expressa (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

Cerca de um mês e meio após inaugurar oficialmente a Estação Cidadania (antiga Praça CEU’s - Centro de Esportes Unificados), na Via Expressa, em Olaria, a Prefeitura de Nova Friburgo publicou no Diário Oficial eletrônico desta quinta-feira, 3, um aviso de pregão eletrônico para aquisição de mobiliário para os espaços culturais da Secretaria Municipal de Cultura, em especial a Estação Cidadania. A estimativa é de R$ 99.781,49. 

A VOZ DA SERRA já havia revelado em reportagem publicada na edição de 19 de agosto que a prefeitura teria inaugurado recentemente espaços que ainda não estariam funcionando, como campos de grama sintética em Olaria e no Catarcione (ainda fechados por conta das medidas restritivas impostas em decorrência da pandemia do coronavírus), da nova ala do Hospital Municipal Raul Sertã (obra que demorou nove anos para ser concluída, começou em 2011 na gestão do ex-prefeito Dermeval Barboza Moreira Neto e custou aos cofres da atual gestão  R$ 4 milhões), e a Estação Cidadania, que também abriga agora o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) de Olaria, este sim em funcionamento. O restante da estrutura voltada para as áreas de cultura e esportes continuam fechadas devido a pandemia.

A licitação já havia sido marcada anteriormente, no entanto, foi adiada devido ao questionamento de uma empresa participante e, agora, remarcada. Conforme consta na edição desta quinta-feira do Diário Oficial eletrônico, a licitação para aquisição de mobiliário para os espaços culturais será realizada no próximo dia 23, às 10h30. A estimativa de R$ 99.781,49 é para a compra de itens diversos, como 24 armários em MDF; seis cadeiras altas para camarim; 156 cadeiras empilháveis estofadas; 84 cavaletes em madeira maciça de reflorestamento; 26 estantes diversas; 21 lixeiras; 23 mesas diversas; poltronas, pufes, cadeiras giratórias e até um tapete redondo colorido.

Como deve ficar o espaço

O processo de licitação da antiga Praça CEUs – agora rebatizada de Estação Cidadania – teve início em 3 de maio de 2012 e terminou seis meses depois. O investimento de R$ 1.571.000, fez parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal, através do Ministério da Cultura. A previsão inicial para a conclusão das obras era maio de 2014, mas o prazo foi alterado diversas vezes, a obra chegou a ser paralisada e o espaço abandonada, servindo como moradia para pessoas em situação de rua.

O espaço, de três mil metros quadrados, tem dois prédios que deveriam abrigar atividades esportivas, culturais e de assistência social. Terá um teatro com capacidade para 60 pessoas, depósito, gabinete de projeção, administração, telecentro, sanitários, canteiros de leitura e biblioteca e sala multiuso. Já o espaço esportivo da praça contará com uma quadra coberta, bicicletários, pista de skate, parquinho infantil, equipamentos de ginástica e mesas de jogos.

 

 

LEIA MAIS

Foi construído muro em gabião com 330 metros de extensão

Expectativa é de que órgão faça intervenção também em trecho onde há ondulações na pista

Custo de obra no pátio da Smomu será de quase R$ 1,5 milhão, com prazo de conclusão de 180 dias

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: obra