PM faz buscas na mata atrás de bando que explodiu agência bancária em Cachoeiras

Moradores assustados relataram confrontos; RJ-116 chegou a ser interditada para operação, com cães e helicópteros
sexta-feira, 06 de agosto de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Carro da PM com o vidro estilhaçado pelos criminosos (Fotos: O Dia)
Carro da PM com o vidro estilhaçado pelos criminosos (Fotos: O Dia)

A Polícia Militar está fazendo buscas em uma região de mata fechada em Cachoeiras de Macacu na tentativa de localizar um grupo que explodiu uma agência bancária na cidade, na madrugada desta sexta-feira, 6. Segundo o jornal O Dia, a ação conta com o apoio do 35º BPM (Itaboraí) e policiais do Comando de Operações Especiais (COE). Por conta do risco de confronto, a PM chegou a interditar a RJ-116.

Moradores da região, assustados, relataram confrontos em área de mata fechada, segundo O Dia. Equipes do Grupamento Aero-Móvel (GAM)sobrevoaram a região atrás dos criminoso. Cães farejadores, do Batalhão de Ação com Cães, também foram usados.

De acordo com as primeiras informações, um grupo armado explodiu uma agência bancária na Avenida Governador Roberto Silveira, no Centro de Cachoeiras de Macacu. Na fuga, os bandidos foram surpreendidos por policiais que foram acionados para a ocorrência. Houve confronto e uma viatura da PM ficou destruída pelos disparos. Ainda de acordo com a polícia, os bandidos fugiram para a região de mata, abandonando três veículos usados para o crime pelo meio do caminho. A PM ainda apreendeu um carregador de fuzil AK-47, explosivos, e munições de fuzil.

LEIA MAIS

Policiais indiciados em inquérito teriam sido afastados das ruas e estariam exercendo funções administrativas no 11º BPM

Ferido gravemente na ação de sexta à noite em Conquista, Cristiano Fernandes não resistiu. Caso passa agora a triplo latrocínio

TJ detalha ação violenta que terminou em Vieira, com várias vítimas feitas reféns. Estado de dono de galpão, ferido, é grave

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Assalto