Organização do Montanha Cup planeja “nova data” para edição de 15 anos

A segunda grande competição de ciclismo programada para este ano em Nova Friburgo é o GP das Montanhas
quinta-feira, 16 de abril de 2020
por Vinicius Gastin
Ainda não há previsão de data, mas o Montanha de 2020 será especial pelos 15 anos de prova
Ainda não há previsão de data, mas o Montanha de 2020 será especial pelos 15 anos de prova

Os ciclistas de Nova Friburgo, do Estado do Rio e de todo o país já colocam o Montanha Cup entre as principais competições de ciclismo do Brasil. O evento geralmente acontece no mês de abril, e este ano, em sua 15ª edição, não seria diferente. Contudo, por conta da pandemia do coronavírus e todas as medidas tomadas para combatê-la, o Montanha Cup não pôde ser realizado.

O panorama do tradicional evento é o mesmo de vários outros no mundo esportivo, e muitos deles, inclusive, já foram cancelados. Se havia alguma dúvida em realização à festa do ciclismo friburguense, ela parece ter sido desfeita através de uma postagem nas redes sociais da Montanha Sports, empresa responsável pela organização.

“Não foi possível realizar na data prevista. Há 14 anos no mês de abril, acontece o Montanha Cup, em Nova Friburgo. O momento nos impôs uma mudança de data, porém, nos motivou ainda mais, para que passado este período triste e delicado, venhamos ainda mais fortalecidos”, diz o comunicado.

Ainda sem definir uma data, a postagem renova as esperanças para a realização desta que, sem dúvidas, será uma edição especial pelos 15 anos de evento. A começar o fato da prova deste ano carregar o status de Campeonato Estadual XCM. Estão previstas duas opções de percursos: o A, com distância total de 64,3 quilômetros e o B, com 40,2 quilômetros.

O evento será dividido em diversas categorias, oficiais de acordo com a Confederação Brasileira de Ciclismo, desde a Elite até a Sport, e contempla participantes a partir dos 15 anos de idade.

No feminino, há a Elite F (atletas nascidas até 1997, com idade mínima de 19 anos e/ou atletas federadas na categoria Elite), MAF (nascidas de 1981 a 1990), MBF (nascidas de 1980 a 1971) e MCF (nascidas até 1970). No masculino, há as opções Elite M (idade mínima 19 anos e/ou atletas federados na categoria elite), MC 23 (19 até 22 anos), MC 30 (23 até 29 anos), MA1 (30 até 34 anos), MA2 (35 até 39 anos), MB1 (40 até 44 anos), MB2 (45 até 49 anos), MC1 (50 até 54 anos), MC2 (55 até 59 anos), MD1 (60 até 64 anos) e MD2 (de 65 anos em diante).

Segundo a organização, todo o percurso será coberto pelos organizadores, que cuidarão dos casos de emergência e de resgate. Ambulâncias serão posicionadas em pontos estratégicos. Toda essa estrutura será preparada com planejamento e antecedência: a sinalização é feita na véspera, e as orientações direcionam o percurso.

A premiação inclui medalhas para todos que completarem a prova, troféus para os cinco primeiros colocados de cada uma das categorias e valores em dinheiro para os principais vencedores – entre R$ 100 e R$ 500, dependendo da posição final.

A ideia de realizar o Montanha Cup surgiu através do cirurgião-dentista Orlando Miele Júnior, apaixonado pelo esporte. Na primeira edição, apenas com o apoio da prefeitura, contou com 150 atletas, algo inédito no Estado. O sucesso do evento motivou a realização de mais edições no mesmo ano, e em 2017, além de Nova Friburgo, Petrópolis e Teresópolis também contaram com a prova.

Outras competições

A segunda grande competição de ciclismo programada para este ano em Nova Friburgo é o GP das Montanhas. Prevista inicialmente para acontecer no dia 7 de junho, também deverá ser remarcada. A prova terá status de Campeonato Estadual de Montanha, com largada na altura do quilômetro 43 da RJ-116, por onde o percurso é desenvolvido.

A chegada será no quilômetro 65, em Theodoro de Oliveira, numa distância aproximada de 21 quilômetros desde a base até o topo da serra em Nova Friburgo, com duração máxima de cinco horas.

O “Route MTB Fribourg” geralmente fecha o calendário, e está previsto para acontecer no dia 16 de agosto, como parte do calendário oficial de comemorações da Festa Suíça. O objetivo da prova é relembrar e celebrar os pioneiros do ciclismo em Nova Friburgo. A largada do Route geralmente acontece na Queijaria Suíça, na RJ-130 (Nova Friburgo-Teresópolis), altura de Conquista.

Os competidores podem optar por uma das quatro categorias de mountain bike Maratona XCM. Em 2019, o percurso total de 60 quilômetros – com direito a túneis - passou por Dona Mariana, em Sumidouro, e retornou à Queijaria Escola.

LEIA MAIS

Alvo de algumas reclamações, obras da ciclovia na Euterpe devem ser concluídas até o fim do mês

Evento virtual e solidário encerra o adaptado calendário do ciclismo municipal

Ponto de encontro será na Praça Carlos Machon, na Feira Agroecológica Alumiar e o trajeto realizado será até São Pedro da Serra, ida e volta

  • Robson Ferreira, Wolfgang Olsen, Alex e Willian Antônio: campeões de edições anteriores do Montanha Cup

    Robson Ferreira, Wolfgang Olsen, Alex e Willian Antônio: campeões de edições anteriores do Montanha Cup

  • Calendário do ciclismo municipal também sofre alterações, mas provas devem acontecer

    Calendário do ciclismo municipal também sofre alterações, mas provas devem acontecer

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra