Ônibus intermunicipais mudam de ponto regulador no Centro

Linhas que ligam Friburgo a Teresópolis farão parada na Av. Euterpe; para Cachoeiras, próximo ao Paissandu
terça-feira, 19 de maio de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Com a mudança, o ponto atrás do Xadrez será utilizado para o estacionamento de ônibus de turismo (Arquivo AVS)
Com a mudança, o ponto atrás do Xadrez será utilizado para o estacionamento de ônibus de turismo (Arquivo AVS)

A Prefeitura  de Nova Friburgo, através da Secretaria  Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana (Smomu), vai promover alterações no embarque e desembarque de passageiros das linhas de ônibus intermunicipais no Centro da cidade a partir desta quarta-feira, 20. O ponto regulador das linhas que ligam Friburgo a Teresópolis, municípios do Centro-Norte, Noroeste e Norte do Estado, assim como a Sumidouro, Carmo, Jamapará (distrito de Sapucaia), e Além Paraíba-MG, na Rua Arnaldo Bittencourt, atrás do Centro de Convivência da Melhor Idade (Clube de Xadrez), passará para o início da Avenida Euterpe Friburguense, na altura do número 60. 

A mudança, segundo a prefeitura, visa a facilitar o deslocamento dos usuários, proporcionando uma melhor infraestrutura e mais segurança, pois evitará que os passageiros dessas linhas tenham que atravessar vias de trânsito intenso para embarcar no ponto atrás do Xadrez. Esse espaço na Rua Arnaldo Bittencourt passará a ser utilizado por ônibus de turismo, após as alterações. Com a mudança, as linhas intermunicipais deixarão de circular pela Rua General Osório.

A partir da próxima segunda-feira, 25, o embarque e desembarque de passageiros das linhas que ligam Friburgo a Cachoeiras de Macacu, Macaé e Rio das Ostras, feitos na Rua Trajano de Almeida, ao lado da Igreja Luterana, passará a ser feito na Avenida Padre Sabóia de Medeiros, na altura do número 32, próximo à rotatória do Paissandu.

LEIA MAIS

Profissionais já estão tendo a temperatura aferida antes de começarem a trabalhar

Previsão era que a segunda etapa da obra ficasse pronta até o final de abril. Prazo agora é junho

Obra é uma antiga reivindicação e vai custar R$ 1.239.646. Previsão de conclusão é em setembro

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra