Moradores confirmam que vans chegam com turistas em Lumiar

Apesar de decreto municipal, estabelecimentos não essenciais foram flagrados em funcionamento no distrito
segunda-feira, 23 de março de 2020
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
O Encontro dos Rios, ponto turístico da região de Lumiar e São Pedro da Serra (Arquivo AVS)
O Encontro dos Rios, ponto turístico da região de Lumiar e São Pedro da Serra (Arquivo AVS)

 

Apesar do decreto do prefeito Renato Bravo que determina o fechamento dos  estabelecimentos comerciais, exceto os que prestam serviços essenciais como farmácias, supermercados e restaurantes (somente com entregas em domicílio), postos de combustíveis, entre outros, alguns estabelecimentos no distrito de Lumiar insistiram em desrespeitar a determinação e, pelo menos, nesta segunda-feira, 23, abriram as portas.  

De acordo com a Associação de Moradores do distrito, uma loja de açaí, bomboniere e alguns bares funcionaram normalmente ontem.

Outra informação que chegou à nossa redação através de moradores de Lumiar, é a de que vans estariam chegando ao distrito trazendo turistas, mesmo com a determinação de hotéis e pousadas não aceitarem mais reservas devido a pandemia do coronavírus. “A Prefeitura de Nova Friburgo deveria sim fechar os acessos à cidade. Se isso não acontecer vai ser uma decepção. Precisamos fazer de tudo para conter esse vírus”, disse uma leitora.

Um dos membros da diretoria da Associação do Comércio e da Indústria de São Pedro da Serra (Acisps), João Carlos Leal, disse que no distrito vizinho a Lumiar todas as pousadas parceiras do grupo Pousadas Unidas de São Pedro da Serra decidiram fechar desde a semana passada. "O problema que parece estar havendo é com os meios de hospedagem informais: casas de temporada e quem coloca chalés e quartos disponíveis pelo Airbnb. Alguns desses meios de hospedagem estão despertando preocupação entre vizinhos e moradores da vila (e também de nós, das pousadas, que paramos) por conta da presença de clientes vindos de outras cidades e até mesmo de outros países", disse ele.

 

LEIA MAIS

Saturação de leitos Covid-19, subnotificação e aumento do número de infectados são algumas das razões alegadas

Como as famílias lidam com educação domiciliar durante a suspensão das aulas

Estudo da Fiocruz lembra que coronavírus permanecerá em circulação mesmo após o pico da pandemia, sem vacina nem cura

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra