Lumiar recebe estrangeiros e tem pousadas aceitando novas reservas

“As pessoas não estão muito preocupadas”, diz presidente de associação, que enviou carta ao prefeito pedindo ajuda
sexta-feira, 20 de março de 2020
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Lumiar (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
Lumiar (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

Um dos destinos mais procurados da cidade, o distrito de Lumiar, já tem reflexo no turismo local, mas o que chama atenção é que o distrito continua a receber turistas e tem pousadas aceitando novas reservas.

Diante da situação, a  presidente da associação de moradores de Lumiar, Silvia Faltz, enviou uma carta ao prefeito Renato Bravo informando a situação e pedindo providências (confira na íntegra ao final da matéria).

Silvia também dona de um restaurante. Segundo ela, desde o início da semana, o estabelecimento está fechado, seguindo a recomendação de isolamento social. Silvia também informou que algumas pousadas continuam aceitando reservas.

“As pessoas não estão muito preocupadas com a situação da saúde”, lamentou.

Outros bares e restaurantes também cancelaram expedientes. O distrito também tem alguns serviços de delivery em funcionamento, assim como mercados que também estão abertos.

Segundo ela, há a presença de turistas, tanto do estado quanto estrangeiros. “As pessoas que tem casa ou sítios vieram para cá”, disse Silvia.

Ela também informou que até a semana passada havia a presença de alemães, chineses, argentinos e italianos na região, mas por estar em isolamento não sabe ao certo se eles ainda permanecessem no distrito.

Segundo ela, o turismo na localidade foi afetado por conta dos diversos estabelecimentos fechados, mas não sabe informar se os turistas tem respeitado a recomendação de isolamento.

A carta ao prefeito

 

À Sua Excelência, Sr.Renato Bravo, Prefeito de Nova Friburgo,

C/c: Srs. Secretários Municipais.

Os proprietários de Pousadas em Lumiar e São Pedro da Serra, bem como milhares de moradores representados por esta AMALUMIAR vem a público comunicar que inúmeros grupos de turistas tem chegado aos nossos Distritos, circulando sem nenhum controle, em total desrespeito as orientações da Prefeitura e Governo Estadual. A maioria das pousadas tem se recusado a recebe-los, mas uma minoria de pousadeiros e locadores de residências, infelizmente estão  colocando o lucro acima da vida humana e os têm recebido. Nesse sentido, antes que seja impossível esse controle, solicitamos a PMNF que tome providências urgentes de restrição de circulação de visitantes, implantando o fechamento de rodovias, para evitar a proliferação dos focos de contaminação que certamente surgirão fruto desse comportamento antissocial. Cabe lembrar que recente estudo publicado pelo Ministério da Saúde informa que a projeção das curvas de infectados e de morbidade do Brasil, já são idênticas as da Itália, nos fazendo prever uma catástrofe  sem igual. Agradecemos sua atenção. "Quarentena não são férias."

Segue abaixo a relação de Pousadas que suspenderam o atendimento:

Encontro dos Rios

Flor do mato

Caminho das Candeias

Nina flor

Ribeirão da floresta

Bê hospedagem

Pousada Klein

Casa flor

Sítio flor das águas

Pedra riscada

Country Inn

Casa Guida

Toca da onça

Casa do Alto

Hospedagem cheiro de Mato

Casa azul

Bela vista do vale

Recanto das águas

Suítes da cabana

Chalé do recanto

Bem te vi

Recanto dos Eucaliptos. 

(Em breve anunciaremos dezenas de novas adesões)

 

LEIA MAIS

Oração para pedir força para o enfrentamento da pandemia começará às 12h30

São R$ 15,9 bilhões dos cofres da União para servir de garantia a empréstimos

Confirmação foi feita em live na última segunda-feira. Previsão de entrega dos kits é em junho

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra