Justiça condena estuprador que violentou criança em São Geraldo

Homem foi condenado a 15 anos de prisão pelo crime cometido contra um menino de apenas 11 anos em agosto de 2019. Decisão cabe recurso
sexta-feira, 17 de abril de 2020
por Jornal A Voz da Serra
(Foto: Arquivo AVS)
(Foto: Arquivo AVS)

O juiz Marcelo Alberto Chaves Villas da 2ª Vara Criminal de Nova Friburgo condenou na última quarta-feira, 15, um homem – que não teve a idade divulgada - a 15 anos de prisão por estupro cometido à luz do dia, em agosto de 2019, no bairro São Geraldo, contra um menino de apenas 11 anos. A decisão ainda cabe recurso.

Segundo o magistrado, “o acusado era do conhecimento da vítima, uma vez que era inquilino do pai da criança, que ficou cerca de duas horas sumida, para desespero do seu genitor”. Ainda de acordo com o juiz Marcelo Alberto Chaves Villas, “no mais, as circunstâncias do crime foram gravíssimas, pois a vítima com estrutura física de pequeno porte foi arrebatado e levado para um matagal e abusado de forma brutal por um conhecido, situação esta inacreditável, o que demonstra a personalidade distorcida do acusado, que agiu de modo sociopático”.

O crime

Ainda de acordo com informações passadas pela 2ª Vara Criminal de Nova Friburgo, o adolescente teria ido a uma mercearia comprar algumas coisas a pedido do seu pai e, chegando ao local, o comércio ainda estava fechado. Neste momento, encontrou o denunciado que o convenceu a ir a outra mercearia, acompanhando-o até o local. Assim, após realizarem a compra, o denunciado levou a vítima para um matagal próximo, puxando-lhe pelo braço, ocasião em que praticou os atos sexuais.

Com a demora do menino para voltar para casa, o pai pediu auxílio aos vizinhos para procurarem o filho, que encontraram os dois nas proximidades e os levou para casa. Lá, o pai da vítima indagou ao menor o que teria ocorrido. O menor relatou que o réu havia apenas mexido em suas partes íntimas. Porém, ao deitar a vítima de bruços na cama, o pai constatou o abuso sexual. O denunciado foi preso pela polícia que foi imediatamente acionada.

 

LEIA MAIS

Os crimes foram cometidos entre 2014 e 2016, em Nova Friburgo, na casa do acusado de 40 anos

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra