Imperatriz de Olaria perde Guto, diretor de carnaval da escola

Genro de Vacir Ferreira, ele tinha problemas cardíacos e no fim de 2019 implantou um marcapasso
quinta-feira, 12 de março de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Guto com um dos muitos troféus que ganhou no carnaval (Foto: Henrique Pinheiro)
Guto com um dos muitos troféus que ganhou no carnaval (Foto: Henrique Pinheiro)

A escola de samba Imperatriz de Olaria está de luto: morreu nesta quinta-feira,12, seu diretor de carnaval,  Carlos Augusto Veiga Vianna, o Guto, de 53 anos. Ele era casado com a rainha da escola, Fátima Féu, pai da rainha de bateria, Cristina Féu, e genro do compositor e sambista Valcir Ferreira.

Guto estava internado em um hospital particular de Friburgo, depois de se sentir mal. Ele tinha problemas cardíacos e no fim de 2019 implantou um marcapasso. Ainda não há informações sobre velório e sepultamento.

Guto tinha ligações com a Imperatriz desde criança. Ele já foi diretor do conselho fiscal e diretor de harmonia.

 

LEIA MAIS

Ele foi o fundador das antigas Casa do Barulho e da Casa Gastim, além de atuar na colônia libanesa

Mineiro e tricolor, comerciante conheceu a cidade por acaso, em busca de um banho de mar, e nunca mais foi embora

Sacerdote estava internado desde o dia 11 em hospital em Macaé, devido a complicações decorrentes da Covid-19

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: obituário