Friburguenses enviam mensagens de carinho às mães

sábado, 09 de maio de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Friburguenses enviam mensagens de carinho às mães

Uma data especial que não pode passar em branco. O Dia das Mães ganha novos significados em tempo de Covid-19. Para muitas famílias esta será a primeira vez em que a ocasião é experimentada à distância. Fundamental saber que o afastamento social não é o mesmo que isolamento emocional. Sentimentos como o respeito, a admiração, o carinho e o amor incondicional parecem potencializados quando não se está por perto - se tornam ainda mais importantes, urgentes. Quando o beijo carinhoso e o abraço apertado não podem fazer parte do presente, mães e filhos reinventam as formas para estar juntos, ainda que separados. Uma delas é expressar, através de declarações públicas, esse sentimento que transborda do peito, principalmente em tempos de distanciamento. Diante dessa incomum situação, convidamos pessoas amigas para deixar aqui o seus recados. Confiram!

De Rafaela Lomonaco

Para Tianinha

Quando iríamos imaginar morar tão perto, e estar tão longe em tempos de pandemia... Olha, minha mãe, quero te dizer do fundo do coração que estou rezando para que possamos estar juntas, presencialmente, logo que essa loucura passar, para você ver sua neta que tanto ama e para que, simplesmente, possamos nos abraçar e celebrar nosso dia, que sempre comemoramos juntas... Te amo e agradeço todos os dias por ter nascido de você. Você é e sempre será o meu maior exemplo de vida.” 

De Elenita Baptista

Para Etelvina

“Minha amada mãe! Sempre ao meu lado em todos os momentos! Te amo! Parabéns pelo seu dia!” ❤️❤️

De Camila Melo

Para Margareth

“Mãe, quase um ano e quatro meses sem te abraçar. A saudade só aumenta e agora a preocupação também. Eu prometo que estou me cuidando, me alimentando bem (bem até de mais), me agasalhando, ficando um metro e meio longe das pessoas, tomando banho de álcool em gel e carregando minha sombrinha na bolsa. Me promete só que você vai ficar em casa se protegendo, por favor. Te amo e agora só ano que vem vamos matar a saudade daquele abraço!”

De Chico Figueiredo

Para Celeste

“Há muitos anos, de todos seus filhos sou eu que passo essa data com você, mãe, porque minhas irmãs moram em outros estados. Como sou o único filho que mora na mesma cidade, cabe a mim ‘paparicar’ nossa mãe, presencialmente, porque nada impede que suas filhas se manifestem virtualmente, também. Esse Dia das Mães, nesse ano bem atípico, já que estamos todos em quarentena, tenho passado todo esse tempo com meus pais e convivido muito com mamãe. Idosos, achei melhor trazê-los para minha casa. Não é fácil, são outros hábitos, horários e manias... Mas, estamos superando! E como passaremos esse dia tão especial? Com muita solidariedade, tolerância e mimos, como de costume, recheado de amor e ternura. Sem esquecer de agradecer a Deus por ter me dado a bênção de conviver com minha mãe por todos esses anos! Amo meus pais! Amo minha mãe! E deixo um beijo pra todas as mães que me cercam: irmãs, amigas e a minha Mamãe! Viva o Dia das Mães de todo mundo!”

 

De Nicolle Todorof 

Para Ediléia 

"Em conjunturas difíceis, muitas vezes, o que precisamos saber é que não estamos sozinhos no mundo. E a certeza de não estar só é concretizada por te ter como mãe, como companheira. O não estar fisicamente, tornou-se uma frequência de amar. Essa é uma luta diária, é uma luta nossa. Gratidão por te ter como mãe, por ser seu fruto, por sua irreverência e por todos os ensinamentos que me deram subsídios para ser quem eu sou. Gratidão por todo o amor. Os agradecimentos perduraram pelo resto de minha vida e nunca serão suficientes para retribuir por tudo o que és para mim. Que bom que nos encontramos e por nos permitirmos ser. A saudade é apertada e não vejo a hora de te ter ao meu lado. Te amo, mãe."

 

De Thaís Duarte

Para Mariangela 

"Feliz todo dia, meu amor! Hoje meu desejo era te abraçar e beijar muito, reunir como fazemos sempre. Como não podemos, quero apenas te agradecer por ser minha fortaleza e meu porto! Eu tenho uma Rainha que chamo de Mãe! E não há sorte maior do que ser sua filha! Feliz Dia das Mães! Te Amo infinito!"

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: