Fogo no barracão destruiu 90% do carnaval 2022 da Alunos do Samba

"Perdemos mais de 14 alas ensacadas, carro alegórico, material de acabamento e decoração", contabiliza a direção da escola
terça-feira, 19 de outubro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Populares observam o fogo no barracão (Foto de leitor)
Populares observam o fogo no barracão (Foto de leitor)

Um incêndio de grandes proporções atingiu na manhã desta terça-feira, 19, o barracão da escola Alunos do Samba, na Rua José Ernesto Knust, no centro do distrito de Conselheiro Paulino. As chamas danificaram diversas alegorias e fantasias que já estavam sendo preparadas pela agremiação para o próximo desfile de carnaval. A direção da escola não soube informar o prejuízo exato.

As fortes chamas chamaram atenção e puderam ser vistas de vários pontos do distrito e da Avenida Governador Roberto Silveira. Não houve vítimas. 

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu debelar as chamas no início da tarde. Acredita-se que o incêndio possa ter sido ocasionado por um maçarico, já que  pela manhã funcionários trabalhavam nos preparativos para o carnaval da azul-e-branco de Conselheiro. Uma perícia foi realizada no local para detectar a real causa do acidente, mas o laudo ainda não ficou pronto. 

Em nota divulgada nas redes sociais, a direção da Alunos do Samba afirmou: "A diretoria, em momento de luto e muita dor, vem a público agradecer a comunidade de Conselheiro Paulino, ao Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e ao empresário Arivan do Supermercado Big Blue (por ter cedido seus funcionários para ajudar) na extinção do incêndio de grandes proporções em nosso barracão. A Alunos do Samba sempre passa por dificuldades, mas mesmo assim com força nos mantemos de pé. Hoje o tiro foi no coração. Perdemos mais de 14 alas ensacadas, carro alegórico, material de acabamento e decoração. Perdemos nosso telhado, madeiras e ornamentação, mas o mais importante não perdemos: a vida! Perdemos 90% do nosso carnaval. Tudo feito com muita luta, com sofrimento e com suor e sangue. Não sabemos ainda o que será de nós, somos guerreiros e não desistimos. Mas o tempo irá dizer. Agradecemos muito a Deus por tudo. Agradecemos também a solidariedade das coirmãs, da Prefeitura de Nova Friburgo, Liga das Escolas de Samba e todos que em algum momento sofreram conosco.” 

Outros casos

Há exatos quatro anos, em 14 de outubro de 2017, a área externa do barracão da escola de samba Unidos da Saudade, no Bairro Ypu,  foi atingida por dois incêndios na madrugada de um sábado. O fogo começou por volta das 2h. O Corpo de Bombeiros foi acionado 15 minutos depois e conseguiu controlar as chamas, que não afetaram a estrutura do imóvel.

O fogo destruiu um carro alegórico que não seria usado no carnaval de 2018. Outras duas máscaras de sete metros que estavam sendo preparadas para o desfile foram completamente queimadas. A escola não estimou o valor do prejuízo, mas registrou um boletim de ocorrência na 151ª DP.

Segundo a direção da escola informou na época, foram dois focos: um na frente do barracão, que destruiu o carro, e outro na lateral, próximo ao Viaduto Geremias de Mattos Fontes, a uma distância de 30 metros entre si, o que levantou suspeitas de ter sido um incêndio criminoso.

No mesmo anos de 2017, às vésperas do desfile, um incêndio de grandes proporções destruiu o barracão do bloco Globo de Ouro, na Vila Amélia. O fogo começou nos fundos do galpão, atrás da feira de hortifruti do bairro, e se propagou pela mata. As chamas queimaram fantasias, dois carros alegóricos e destruíram instrumentos musicais da bateria. Mesmo assim os componentes  desfilaram.

Em 2014, a Saudade passou por situação parecida com o bloco Globo de Ouro, em fevereiro daquele ano. Um carro alegórico da agremiação pegou fogo do lado de fora do barracão. O prejuízo foi de cerca de R$ 30 mil na época, mas mesmo assim a escola foi para a avenida.

 

LEIA MAIS

Capital aguarda evolução da nova variante; Bom Jardim já cancelou a festa

Mesmo Alunos do Samba, que sofreu com incêndio, deverá participar

Chance de evento presencial é considerável, mas opção virtual não está descartada. Secretaria de Turismo já tem planejamento em estudo

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: carnaval | fogo