Festival de Esquetes: 3ª edição começa neste sábado em formato virtual

Objetivo é principalmente incentivar o movimento e o intercâmbio cultural entre artistas amadores e profissionais
sexta-feira, 18 de setembro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
 O ator e produtor Lincoln Vargas é o organizador do Festival de Esquetes de Teatro
O ator e produtor Lincoln Vargas é o organizador do Festival de Esquetes de Teatro

Começa neste sábado, 19, o 3º Festival de Esquetes de Nova Friburgo (Fenf), que este ano será realizado virtualmente devido à pandemia do coronavírus. O evento tornou-se um festival de vídeos de caráter competitivo que vai até o próximo dia 27, com muita diversão e entretenimento para todas as idades. Às 18h, acontecerá uma live pelo perfil @fenfnovafriburgo no Instagram, onde será anunciado a programação e a forma de engajamento para votar nos vídeos disponíveis. Ao mesmo tempo, será postado na página (Fenf Nova Friburgo) no Facebook, um post para cada um dos 50 vídeos da programação. 

Foram selecionados entre os inscritos, 50 trabalhos em vídeo. São curta-metragens, clipes de música, poesias, contos e outras expressões artísticas. Durante o período do festival, o público poderá assistir e votar nos vídeos preferidos. Nas redes sociais do Fenf pode ser conferido ainda o “Cardápio Fenf”, com a programação e informações de cada vídeo com um link para assistir. Os vídeos estarão disponíveis no canal do YouTube do produtor de cada trabalho e o público poderá escolher o melhor.

Serão cinco prêmios de R$ 300, totalizando R$ 1.500. O objetivo do Fenf é principalmente incentivar o movimento e o intercâmbio cultural entre artistas amadores e profissionais de diversos lugares do Brasil. Mais Informações no instagram @fenfnovafriburgo e no Facebook (Fenf Nova Friburgo). 

O Fenf é organizado pelo produtor de teatro Lincoln Vargas que iniciou sua carreira em Nova Friburgo, aos 15 anos, como músico. Trabalhou aqui até os 19 anos e, em 1997, foi para o Rio de Janeiro estudar teatro. Desde então, trabalhou como ator, diretor, produtor e diretor musical. No cinema trabalhou como assistente de direção em quatro filmes de Domingos Oliveira e fez participações como ator em outros. Teve também um programa cultural na Rádio Roquete Pinto, durante oito anos. É também professor do teatro Tablado, além de músico, diretor, ator e produtor.

LEIA MAIS

Em "De cara pro chão", internauta poderá conferir as peripécias da surtada camareira Lurdinha junto a um casal num hotel de luxo

A VOZ DA SERRA ouve agentes para saber como está a vida cultural em Friburgo e os movimentos em defesa do setor

Evento online é aberto a artistas profissionais e amadores de teatro

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Teatro