Falsa neuropsicopedagoga presa em flagrante por exercício ilegal da profissão

Ela também é acusada de falsidade ideológica e exposição de crianças a constrangimento, no consultório em Conselheiro
terça-feira, 19 de outubro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Falsa neuropsicopedagoga presa em flagrante por exercício ilegal da profissão

Policiais civis da 151ªDP prenderam em flagrante na última segunda-feira, 18, uma mulher que mantinha um consultório médico no distrito de Conselheiro Paulino, onde atendia pacientes se apresentando como neuropsicopedagoga, mesmo sem ter qualificações necessárias e previstas por lei para o efetivo exercício desta atividade profissional. 

De acordo com informe da 151ª DP, publicado em sua página oficial no Facebook, a mulher atendia crianças com dificuldades de aprendizado e até portadores de transtornos psicológicos e neurológicos, cobrando valores elevados dos pais, invariavelmente pessoas modestas, mantendo cartões de visitas e receituário onde fazia constar títulos científicos inexistentes, tendo sido surpreendida em plena consulta com duas crianças.

Ainda segundo a postagem, a criminosa fazia postagens diárias em rede social, não apenas fazendo propaganda das suas falsas credenciais de neuropsicopedagogia, mas também divulgando fotos das crianças em atendimentos, o que é vedado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. A falsa profissional também "ministrava" cursos de qualificação acerca de sua falsa atividade, chegando a conceder "diplomas" para outras pessoas exercerem idêntica atividade, tendo sido presa e autuada em flagrante. O consultório foi lacrado e todo material apreendido, A mulher será encaminhada a uma unidade prisional da Secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap).

 

LEIA MAIS

Autor é acusado de ter ido até a casa da ex-companheira, de posse de uma arma de fogo, para ameaçá-la

Homem de cerca de 40 anos estava desaparecido desde o último dia 16

Ele ficou preso na Deam por ser reincidente, com o agravante de estar na condicional por tráfico

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: crime