Edson Barboza e Marlon Moraes devem voltar a lutar pelo UFC

Friburguenses tentarão reverter últimas derrotas e retomar o caminho vitorioso pela organização
quinta-feira, 13 de janeiro de 2022
por Jornal A Voz da Serra
Edson Barboza e Marlon Moraes devem voltar a lutar pelo UFC

Dois dos principais expoentes do esporte de Nova Friburgo estarão em ação neste primeiro trimestre de 2022. Edson Barboza e Marlon Moraes, amigos desde a infância, desde muito jovens sonharam em voar alto no universo das artes marciais. Começaram com o muay thai, dominaram a modalidade a nível nacional e embarcaram para desafios maiores. Integrantes da maior organização de lutas do planeta, os dois atletas friburguenses voltam ao octógono em março.

O UFC divulgou recentemente a programação para este trimestre. Se nada mudar, Edson Barboza vai lutar no evento UFC 272, no dia 5 de março, quando irá enfrentar Bryce Mitchell pelo peso-pena. Já na semana seguinte, no dia 12, Marlon Moraes participará do UFC Marreta x Ankalaev, e terá como oponente Song Yadong, na categoria peso-galo. Os dois eventos vão acontecer em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Aos 35 anos, Barboza soma 22 vitórias e dez derrotas na sua carreira no MMA. Desde que desceu ao peso-pena (até 65,8 quilos) em 2020, são duas vitórias e duas derrotas. Após um revés polêmico contra Dan Ige, o friburguense venceu duas seguidas, incluindo um nocaute impressionante contra Shane Burgos, antes de sofrer um nocaute contra Giga Chikadze em agosto passado. Edson é atualmente o 10º colocado do ranking peso-pena. Bryce Mitchell é o 11º. O americano de 27 anos venceu todas as 14 lutas oficiais de MMA (perdeu uma luta no reality show The Ultimate Fighter, mas essas exibições não contam para o cartel oficial), incluindo cinco no UFC.

O combate promete ser um duelo de estilos: enquanto Barboza é conhecido por seu muay thai, trocação e por acumular, com este estilo, alguns dos nocautes mais marcantes da história do UFC. Já Mitchell é especialista no chão, e através de sua técnica no jiu-jítsu, soma nove vitórias por finalização.

Já Marlon Moraes terá, contra um adversário chinês, a oportunidade de interromper uma inédita sequência negativa na carreira. O friburguense de 33 anos soma três derrotas consecutivas por nocaute em um período de cerca de um ano, diante de Cory Sandhagen, Rob Font e Merab Dvalishvili (esta uma virada incrível).

Para especialistas, inclusive, “The Magic” precisa de um triunfo para afastar o risco de demissão do UFC. O ex-campeão do WSOF (hoje PFL) acumula 23 vitórias, nove derrotas e um empate na carreira. O último triunfo aconteceu diante de José Aldo, no UFC 245.

Em momento oposto na carreira, Song Yadong vem de duas vitórias consecutivas, contra Casey Kenney e Julio Arce - adversários de níveis muito abaixo do que Moraes enfrentou recentemente. Aos 24 anos de idade, o chinês possui um cartel de 18 vitórias, cinco derrotas e um empate na carreira. Em suas últimas 12 lutas, Yadong venceu dez, perdeu uma e empatou outra.

 

UFC 272 - 5 de março

Card do evento (até o momento)

 

  • Peso-pena: Edson Barboza x Bryce Mitchell
  • Peso-mosca: Jéssica Eye x Manon Fiorot
  • Peso-mosca: Mariya Agapova x Maryna Moroz
  • Peso-meio-pesado: Dustin Jacoby x Michal Oleksiejczuk
  • Peso-mosca: Tim Elliott x Tagir Ulanbekov

 

UFC Marreta x Ankalaev - 12 de março

Card do evento (até o momento)

 

  • Peso-meio-pesado: Thiago Marreta x Magomed Ankalaev
  • Peso-galo: Marlon Moraes x Song Yadong
  • Peso-médio: Alex Poatan x Bruno Blindado
  • Peso-galo: Guido Cannetti x Kris Moutinho
  • Peso-galo: Trevin Jones x Javid Basharat
  • Peso-pena: Damon Jackson x Joshua Culibao
  • Peso-médio: Cody Brundage x Dalcha Lungiambula

 

LEIA MAIS

Leoa deve fundar sua própria equipe, ainda na Flórida

Disputa pelo cinturão entre Matheus Silva e Bruno Fernando é uma das principais atrações

Trajetória vitoriosa do jovem lutador o transforma em referência da modalidade em Nova Friburgo

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: UFC