Diogo Montenegro é destaque na Expo Super Show de fisiculturismo

Ângela Borges, atleta profissional, também será atração durante o fim de semana de competições
sexta-feira, 26 de novembro de 2021
por Vinicius Gastin
Nascido no Rio e criado em Nova Friburgo, Diogo Montenegro um dos destaques do evento
Nascido no Rio e criado em Nova Friburgo, Diogo Montenegro um dos destaques do evento

Um esporte que exige muita disciplina, renúncias e rotina ajustada. Todo o resultado é exposto em cada uma das curvas e espaços do próprio corpo, e quanto mais próximo à perfeição, maior a chance de sucesso. O fisiculturismo é para poucos, e dentre os maiores destaques no Estado, há um carioca que morou em Nova Friburgo durante a infância e adolescência, vem se destacando na modalidade.

Diogo Montenegro é uma das atrações do Expo Super Show, o melhor evento de bodybuilding amador e profissional do país, que acontece a partir desta sexta-feira, 26, e prossegue até o domingo, 28, no Centro de Convenções Sul América, no Rio de Janeiro. A competição oferece a maior entrega de pro cards, espécie de cartão de embarque para o acesso à categoria profissional.

A feira também mostra o que é necessário e importante para os cuidados com a saúde, não só de atletas, mas de todos aqueles que querem conhecer dicas, novidades e os melhores produtos de suplementação, equipamentos, alimentação saudável e artigos de moda e acessórios fitness.

Diogo Montenegro, hoje atleta profissional e treinador de fisiculturismo, conta como o bodybuilding modificou a sua vida. "Sou carioca, mas muito novinho fui para Nova Friburgo e morei na cidade até terminar o ensino médio. Na escola, participava de todos os esportes possíveis. E aos, 14 anos, como era muito magrinho, começei a fazer musculação. Até, então, não tinha nenhum conhecimento sobre o bodybuilding. Mas, quando voltei para o Rio, para cursar a faculdade de educação física, conheci o fisiculturismo, passei a me preparar, cuidar da alimentação e a participar de competições", explica.

Em 2021, logo no início da temporada, Diogo teve Covid-19 e precisou abandonar uma competição. Naquele momento reforçou a percepção de como o esporte e a qualidade de vida e cuidados com a alimentação e saúde fizeram diferença.

“Senti dores no corpo, febre e até um pouco de falta de ar, e por isso fiquei fora de uma competição na Califórnia. Mas, me recuperei rápido em relação ao que a doença costuma deixar de rastro e dois meses depois fui campeão em um campeonato nas Bahamas e conquistei o 3º lugar no Mr. Olympia, melhor posição que um brasileiro já teve na minha categoria”, conta.

Sobre a Expo Super Show, Diogo revela ansiedade, sobretudo pela presença de amigos e família na torcida. “Há um clima grandioso para esse evento e estou com o profissionalismo elevado e ótimas expectativas para o show. Estou muito feliz em ter feito a escolha certa e quero realmente me estabelecer como um dos melhores atletas do mundo”, finaliza.

Tricampeã mundial e sete vezes vencedora do Arnold Classic, além de colecionar dezenas de outros títulos na bagagem, Ângela Borges, atleta profissional da categoria Wellness, é outro destaque. Ela revela que o fisiculturismo foi um divisor de águas em sua vida e que a ajudou a superar o bullying que sofria desde criança na escola e na família por ser muito magra.

“Nessa época lidei com apelidos pejorativos, que me deixavam muito mal. Era introspectiva e tinha vergonha do meu corpo. Mas um dia, decidi agir. Aí, com 17 anos, entrei na academia, local onde também conheci meu esposo, que sempre me incentivou, e me apaixonei pela musculação e por atividade física, tendo a minha vida transformada pela modalidade”, conta a atleta.

O conceito de bodybuilding busca uma nova forma física, construída por meio de treinamentos e suplementação alimentar para conseguir corpos mais simétricos e definidos. Trata-se também de um estilo de vida e a escolha da prática do esporte traz no pacote responsabilidade e disciplina. Para alcançar resultados, o praticante precisa de muito foco e uma rotina de treinos. O trabalho é realizado em conjunto com profissionais não só da área de educação física, mas também da nutrição e médica.

Na Expo Super Show, as competições de bodybuilding vão reunir atletas de diversas categorias. Nas profissionais: Bikini Pro, 212 Pro, Men´s Physique, Wellness e Classic Physique - Pro. Já as amadoras formam-se com o Bodybuilding, Bikini, Men´s Physique, Wellness, Classic Physique, Figure e Womans Physique.

Saúde e qualidade de vida 

Com a pandemia, a preocupação em ter o sistema imunológico forte aumentou significativamente. Não há dúvidas de que os exercícios físicos têm relação direta com a imunidade. Durante a prática de exercícios, uma série de citocinas, substâncias que podem agir a favor de um mecanismo pró-inflamatório ou desencadear uma resposta anti-inflamatória, são liberadas. A atividade regular interfere nesse balanço, resultando em vantagens para o organismo.

“As práticas físicas não melhoram apenas a imunidade ao longo da vida, mas também o fazem de forma pontual. Estamos felizes e otimistas em estar de volta, a Expo Super Show é o primeiro evento presencial no Rio de Janeiro, depois de todo esse tempo. Ainda estamos incertos do futuro, mas vivemos o presente e estamos esperançosos, pois a nossa indústria do fitness é um mercado que faz parte da solução do problema”, explica Eduardo Netto, responsável técnico dos congressos de gestão da área fitness.

 “Se exercitar é uma maneira simples e prazerosa de evitar danos maiores causados não só pela Covid-19, mas também por outras patologias provocadas pelo sedentarismo e estilo de vida sem movimento dessa máquina, que é o nosso corpo humano”, completa o professor.

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: