Acesso a Olaria, Cônego e demais bairros terá desvio pelos próximos 6 meses

Trânsito terá que contornar Estádio Eduardo Guinle até a Via Expressa. Interdição foi anunciada às vésperas do início da obra do estado
segunda-feira, 04 de julho de 2022
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)
Foto: Girlan Guilland
Foto: Girlan Guilland

A partir desta segunda-feira, 4, e pelos próximos seis meses (o prazo previsto é 4 de janeiro de 2023), o acesso aos bairros de Olaria, Cônego, Cascatinha e todos os sub-bairros adjacentes (Vargem Grande, desviado  pela Rua Jardel Hottz (a do Estádio Eduardo Guinle), será desviado  a partir da ponte de acesso ao Parque São Clemente/Vale dos Pinheiros.

O motivo são obras de drenagem pluvial e pavimentação da Rua Minas Gerais e de parte da Avenida Julius Arp e da Alameda Walter Vogt, no bairro Bela Vista, a serem executadas  pelo Governo do Estado.

A interdição foi divulgada pela prefeitura, através da Secretaria de Ordem e Mobilidade Urbana (Smomu), na noite de sexta-feira, às vésperas do início das intervenções. 

Os moradores e frequentadores daquela região vão ter que se acostumar. Fica interditado todo o trecho da Alameda Barão de Nova Friburgo e será preciso  contornar o Estádio do Friburguense. A rota alternativa é a Rua Jardel Hottz seguindo a Alameda Visconde de Tamandaré, Alameda Marquês de Maricá e Rua Maria Duque Estrada Laginestra, acessando a Avenida José Pires Barroso (Via Expressa). Haverá sinalização noturna e diurna indicativa das obras e da rota alternativa.

Morador de Olaria, o jornalista Girlan Guilland observou que  a previsão é de 180 dias de duração das obras de drenagem e pavimentação, em um raio de menos de 500 metros do  Bela Vista. Segundo a prefeitura, a empresa responsável pela execução informou que a data do término das interdições é estimada, podendo ser antecipada ou postergada.

Os passageiros de ônibus também devem ficar atentos à mudança dos locais de pontos de embarque e desembarque na área.

Apesar de toda a movimentação, incluindo montagem do canteiro de obras, ocupando todo o Largo da Liberdade há quase um mês, somente na última sexta-feira a interdição foi divulgada.

Usuários de ônibus reclamam que ficaram sem três pontos. O ônibus de Olaria, por exemplo, nesta segunda-feira só parou na Praça Monsenhor Mielli, desde o Espaço Arp. Outra situação que motivou críticas dos motoristas é que o estacionamento foi mantido na Alameda Marquês de Tamandaré (acesso para passar por trás do estádio), prejudicando o fluxo.

Em rede social, o prefeito pediu paciência à população. "Foi iniciada a obra de drenagem pluvial e pavimentação da Rua Minas Gerais, em Olaria. Há anos essa demanda vem sendo negligenciada, o que vem trazendo inúmeros danos para a população local.  Com o término das obras, o problema terá fim. Porém, até que seja concluída, todos nós, moradores de Olaria e arredores, precisaremos de bastante paciência no trânsito", disse Johnny, que agradeceu  ao governador Cláudio Castro. "Esta é mais uma obra que demonstra a importância da parceria entre o município e o Governo do Estado".

LEIA MAIS

Sub da Smomu fica responsável também pela Guarda Civil Municipal e pelo Departamento de Posturas

Presente ao encontro, presidente do DER-RJ se compromete a dar prosseguimento aos estudos dos traçados

Projeto foi ressuscitado em encontro na Acianf no último dia 15, entre o presidente da Comissão de Obras da Alerj e empresários friburguenses

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: obra | Trânsito