Ziquinha é um dos destaques da Série B2 do Carioca

Presença do maior artilheiro da história do Friburguense é uma das principais atrações do campeonato
quinta-feira, 12 de novembro de 2020
por Vinicius Gastin
Ziquinha e Gedeil, companheiros de Frizão e Macaé, defendem o Casimiro de Abreu na terceira divisão
Ziquinha e Gedeil, companheiros de Frizão e Macaé, defendem o Casimiro de Abreu na terceira divisão

Em meio a tantos cancelamentos de competições, à exemplo do Copa Rio (competição da qual o Friburguense participaria), a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) anunciou que manteve a disputa do Campeonato Estadual da Série B2.

A competição, inclusive, vai oferecer a oportunidade para o torcedor acompanhar alguns nomes que fizeram história no Friburguense e outros clubes do estado, à exemplo de Ziquinha e Gedeil. Dentro do contexto da pandemia, o campeonato também vai contar com a aplicação dos protocolos de segurança, adaptados à realidade das equipes participantes.

Dentre os destaques da terceirona carioca estão o Barra da Tijuca e o Tigres do Brasil, dono de uma invejável estrutura e figurante recente da primeira divisão do Rio. Inclusive, nos anos anteriores à queda, em 2019, ambos brigaram com o Friburguense por acessos à seletiva estadual.

Além deles, o Barcelona e o Barra Mansa também disputaram recentemente a Série B1 do Carioca, e agora lutam para se reerguer e voltar, pelo menos, à segunda divisão do futebol do Rio de Janeiro. A presença do Mesquita no campeonato também chama a atenção.

De acordo com o regulamento, a Série B2 é dividida em dois turnos: Taça Maracanã (1º turno) e Taça Waldir Amaral (2º turno). No primeiro, os times vão jogar entre si, dentro do próprio grupo, em turno único. Já no segundo, uma chave enfrenta a outra. Caso uma mesma equipe não seja campeã das Taças Maracanã e Waldir Amaral, participam ainda da semifinal geral as duas melhores colocadas na soma dos dois turnos.

O grupo A é formado por Bela Vista, Carapebus, Itaboraí Profute, Barra da Tijuca, Mageense, Campo Grande, Viva Rio/Pérolas Negras e Queimados. Já a chave B será composta por 7 de Abril, Mesquita, Barcelona, Arraial do Cabo, Tigres, Casimiro de Abreu, Ceres e Barra Mansa.

A primeira rodada será realizada na próxima segunda-feira, 16, quando se enfrentam Bela Vista x Queimados; Carapebus x Pérolas Negras; Itaboraí Profute x Campo Grande; Barra da Tijuca x Mageense; 7 de Abril x Barra Mansa; Mesquita x Ceres; Barcelona x Casimiro de Abreu e Arraial do Cabo x Tigres do Brasil.

Ziquinha é atração

Maior artilheiro da história do Friburguense e um dos jogadores mais destacados dos clubes de menor investimento do Rio de Janeiro, o atacante Ziquinha será uma das grandes atrações do torneio nesta temporada de 2020. Morador de Nova Friburgo, cidade onde escolheu para morar, o veterano jogador, mineiro de Santa Rita do Sapucaí, acertou com o Casimiro de Abreu e será uma das principais atrações da equipe tricolor. O time vem treinando desde o último dia 15 de outubro, sob comando do técnico Rafael Lima.

Jogador e influente nos bastidores, o volante Gedeil, de passagens pelo Friburguense e destaque no Macaé, foi um dos responsáveis pela contratação do jogador de 41 anos, tratado como uma das estrelas do campeonato e apresentado com status de reforço “de peso”.

Com o acerto junto ao Caec, Ziquinha completa sua 22ª temporada consecutiva como jogador profissional. No Rio, ele já defendeu também Olaria, CFZ, Boavista, Botafogo, Angra dos Reis, Macaé, Tigres do Brasil e Goytacaz, além de uma passagem pelo Gama, do Distrito Federal.

Mesmo com o vasto currículo e história no futebol, o atacante viverá uma experiência diferente na carreira, sendo esta a primeira em uma terceira divisão do Carioca. Ele já conquistou o título da Segundona em 2004, e acessos nos anos de 2011 e 2019 pelo Friburguense.

Ziquinha jogou apenas 50 minutos neste ano, em quatro jogos da Seletiva e do Grupo X do Campeonato Carioca pelo Tricolor da Serra e desta forma contribuiu para a manutenção da equipe para primeira fase da Série A do Estadual. Agora, terá a oportunidade de ganhar mais alguns minutos (e, talvez, um acesso) no Casimiro de Abreu, clube onde irá se reencontrar com o volante Gedeil, de 37 anos.

Quem também defenderá a equipe do ídolo tricolor é o zagueiro Bruno Leal. Nascido e criado em Nova Friburgo, no distrito de São Pedro da Serra, o jogador de 29 anos de idade é revelação da base tricolor e foi titular com frequência nas últimas temporadas, sob comando do técnico Cadão. Bruno acertou empréstimo até o final do ano, enquanto Ziquinha foi de forma definitiva e assinou contrato até 31 de janeiro de 2021.

O Casimiro de Abreu de Ziquinha estreia na B2 contra o Barcelona, pela primeira rodada da Taça Maracanã, o primeiro turno da terceirona.

 

1ª rodada – série B2

 

Segunda-feira, 16 - 15h

 

  • Bela Vista x Queimados
  • Carapebus x Pérolas Negras
  • Itaboraí Profute x Campo Grande
  • Barra da Tijuca x Mageense
  • 7 de Abril x Barra Mansa
  • Mesquita x Ceres
  • Barcelona x Casimiro de Abreu
  • Arraial do Cabo x Tigres do Brasil
  •  

/////////////////

4 fotos – legendas:

1- Ziquinha e Gedeil, companheiros de Frizão e Macaé, defendem o Casimiro de Abreu na terceira divisão

2- 

3 - Tradicional equipe, Tigres do Brasil foi adversário do Friburguense em 2019

4 – Zagueiro Bruno será companheiro de Ziquinha também no Casimiro de Abreu

LEIA MAIS

Tradicional time da Rua Bariri, no Rio, tenta se reerguer no cenário do futebol carioca

Tradicional equipe da Zona Norte do Rio pode voltar a ser adversária do Friburguense em 2022

Paduano é uma das equipes que seguem na briga pelo título e acesso

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol