Ziquinha é um dos destaques da Série B2 do Carioca

Presença do maior artilheiro da história do Friburguense é uma das principais atrações do campeonato
quinta-feira, 12 de novembro de 2020
por Vinicius Gastin
Ziquinha e Gedeil, companheiros de Frizão e Macaé, defendem o Casimiro de Abreu na terceira divisão
Ziquinha e Gedeil, companheiros de Frizão e Macaé, defendem o Casimiro de Abreu na terceira divisão

Em meio a tantos cancelamentos de competições, à exemplo do Copa Rio (competição da qual o Friburguense participaria), a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) anunciou que manteve a disputa do Campeonato Estadual da Série B2.

A competição, inclusive, vai oferecer a oportunidade para o torcedor acompanhar alguns nomes que fizeram história no Friburguense e outros clubes do estado, à exemplo de Ziquinha e Gedeil. Dentro do contexto da pandemia, o campeonato também vai contar com a aplicação dos protocolos de segurança, adaptados à realidade das equipes participantes.

Dentre os destaques da terceirona carioca estão o Barra da Tijuca e o Tigres do Brasil, dono de uma invejável estrutura e figurante recente da primeira divisão do Rio. Inclusive, nos anos anteriores à queda, em 2019, ambos brigaram com o Friburguense por acessos à seletiva estadual.

Além deles, o Barcelona e o Barra Mansa também disputaram recentemente a Série B1 do Carioca, e agora lutam para se reerguer e voltar, pelo menos, à segunda divisão do futebol do Rio de Janeiro. A presença do Mesquita no campeonato também chama a atenção.

De acordo com o regulamento, a Série B2 é dividida em dois turnos: Taça Maracanã (1º turno) e Taça Waldir Amaral (2º turno). No primeiro, os times vão jogar entre si, dentro do próprio grupo, em turno único. Já no segundo, uma chave enfrenta a outra. Caso uma mesma equipe não seja campeã das Taças Maracanã e Waldir Amaral, participam ainda da semifinal geral as duas melhores colocadas na soma dos dois turnos.

O grupo A é formado por Bela Vista, Carapebus, Itaboraí Profute, Barra da Tijuca, Mageense, Campo Grande, Viva Rio/Pérolas Negras e Queimados. Já a chave B será composta por 7 de Abril, Mesquita, Barcelona, Arraial do Cabo, Tigres, Casimiro de Abreu, Ceres e Barra Mansa.

A primeira rodada será realizada na próxima segunda-feira, 16, quando se enfrentam Bela Vista x Queimados; Carapebus x Pérolas Negras; Itaboraí Profute x Campo Grande; Barra da Tijuca x Mageense; 7 de Abril x Barra Mansa; Mesquita x Ceres; Barcelona x Casimiro de Abreu e Arraial do Cabo x Tigres do Brasil.

Ziquinha é atração

Maior artilheiro da história do Friburguense e um dos jogadores mais destacados dos clubes de menor investimento do Rio de Janeiro, o atacante Ziquinha será uma das grandes atrações do torneio nesta temporada de 2020. Morador de Nova Friburgo, cidade onde escolheu para morar, o veterano jogador, mineiro de Santa Rita do Sapucaí, acertou com o Casimiro de Abreu e será uma das principais atrações da equipe tricolor. O time vem treinando desde o último dia 15 de outubro, sob comando do técnico Rafael Lima.

Jogador e influente nos bastidores, o volante Gedeil, de passagens pelo Friburguense e destaque no Macaé, foi um dos responsáveis pela contratação do jogador de 41 anos, tratado como uma das estrelas do campeonato e apresentado com status de reforço “de peso”.

Com o acerto junto ao Caec, Ziquinha completa sua 22ª temporada consecutiva como jogador profissional. No Rio, ele já defendeu também Olaria, CFZ, Boavista, Botafogo, Angra dos Reis, Macaé, Tigres do Brasil e Goytacaz, além de uma passagem pelo Gama, do Distrito Federal.

Mesmo com o vasto currículo e história no futebol, o atacante viverá uma experiência diferente na carreira, sendo esta a primeira em uma terceira divisão do Carioca. Ele já conquistou o título da Segundona em 2004, e acessos nos anos de 2011 e 2019 pelo Friburguense.

Ziquinha jogou apenas 50 minutos neste ano, em quatro jogos da Seletiva e do Grupo X do Campeonato Carioca pelo Tricolor da Serra e desta forma contribuiu para a manutenção da equipe para primeira fase da Série A do Estadual. Agora, terá a oportunidade de ganhar mais alguns minutos (e, talvez, um acesso) no Casimiro de Abreu, clube onde irá se reencontrar com o volante Gedeil, de 37 anos.

Quem também defenderá a equipe do ídolo tricolor é o zagueiro Bruno Leal. Nascido e criado em Nova Friburgo, no distrito de São Pedro da Serra, o jogador de 29 anos de idade é revelação da base tricolor e foi titular com frequência nas últimas temporadas, sob comando do técnico Cadão. Bruno acertou empréstimo até o final do ano, enquanto Ziquinha foi de forma definitiva e assinou contrato até 31 de janeiro de 2021.

O Casimiro de Abreu de Ziquinha estreia na B2 contra o Barcelona, pela primeira rodada da Taça Maracanã, o primeiro turno da terceirona.

 

1ª rodada – série B2

 

Segunda-feira, 16 - 15h

 

  • Bela Vista x Queimados
  • Carapebus x Pérolas Negras
  • Itaboraí Profute x Campo Grande
  • Barra da Tijuca x Mageense
  • 7 de Abril x Barra Mansa
  • Mesquita x Ceres
  • Barcelona x Casimiro de Abreu
  • Arraial do Cabo x Tigres do Brasil
  •  

/////////////////

4 fotos – legendas:

1- Ziquinha e Gedeil, companheiros de Frizão e Macaé, defendem o Casimiro de Abreu na terceira divisão

2- 

3 - Tradicional equipe, Tigres do Brasil foi adversário do Friburguense em 2019

4 – Zagueiro Bruno será companheiro de Ziquinha também no Casimiro de Abreu

LEIA MAIS

Time pressionou na etapa final, mas não conseguiu fazer o gol da virada

Nova Iguaçu leva a melhor e vence por 1 a 0, em duelo realizado na tarde de sábado

Narrador que integra a equipe de jornalistas de A VOZ DA SERRA divide transmissão com Guilherme Faria e Marcos Guzzo

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol