Terminam os jogos da semifinais da Série B2 do Carioca

Paduano é uma das equipes que seguem na briga pelo título e acesso
quarta-feira, 24 de novembro de 2021
por Vinicius Gastin
O Paduano é uma das equipes que seguem na briga pelo título e acesso
O Paduano é uma das equipes que seguem na briga pelo título e acesso

Fim de ano chegando e com ele a expectativa pelo desfecho das mais variadas competições esportivas. Na quarta divisão do futebol estadual, o Campeonato Carioca da Série B2, as primeiras partidas pelas semifinais foram realizadas no último fim de semana. No estádio Lourival de Almeida Gomes, em Saquarema, na Região dos Lagos, o Araruama derrotou o Barra da Tijuca por 2 a 0.

Os dois gols do time mandante foram marcados no segundo tempo. Jonnes, aos 22 minutos, abriu o placar em cobrança de pênalti. Depois, aos 34, Pedrinho, que havia acabado de entrar, ampliou para a Araruama, comandado pelo técnico Silvestre dos Anjos.

Assim, o Araruama pode até perder por um gol de diferença nesta quinta-feira, 25, às 15h, na partida de volta marcada para o estádio proletário Guilherme da Silveira Filho (Moça Bonita), em Bangu, na Zona Oeste do Rio, para ser finalista do campeonato. Ao Barra da Tijuca resta vencer por dois gols, por ter feito a melhor campanha no turno.

No outro jogo de ida pela fase semifinal, Ceres e Paduano ficaram no 0 a 0, no estádio Leônidas da Silva, na Rua Teixeira de Castro, em Bonsucesso, na Zona Norte da capital. Num gramado em péssimas condições, o duelo foi muito brigado e com muitos cartões amarelos aplicados pelo árbitro Marco Aurélio Correia Reges. O segundo tempo teve seis minutos de acréscimos e deu tempo para Dieguinho, que havia tomado amarelo no aquecimento, por reclamação, fez falta dura e acabou expulso aos 50, deixando os mandantes com um a menos.

Assim, o Paduano joga por novo empate nesta quarta-feira, 24, às 15h, na partida de volta também marcada para o estádio Moça Bonita, para ser finalista do campeonato. Ao Ceres resta vencer por qualquer placar.

 

LEIA MAIS

Tradicional time da Rua Bariri, no Rio, tenta se reerguer no cenário do futebol carioca

Tradicional equipe da Zona Norte do Rio pode voltar a ser adversária do Friburguense em 2022

Siqueira pontua mudanças no futebol e traça planos para “mudar” a imagem passada pelo time

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol