Queda de árvore interditou RJ-150 na noite de quarta-feira

Rodovia apresenta inúmeros problemas que levam perigo para pedestres e motoristas
quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022
por Thiago Lima (thiago@avozdaserra.com.br)
A áevore caída na pista (Foto de leitor)
A áevore caída na pista (Foto de leitor)

Na noite de quarta-feira, 9, a pista da RJ-150 (Nova Friburgo-Amparo-São José do Ribeirão) foi interditada próximo ao Hospital da Unimed por conta de uma queda de árvore.

“Teve essa queda de árvore e uns 20 a 30 metros após, ocorreu um deslizamento. Acionamos os bombeiros para liberar parte da pista e também a Secretaria Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana (Smomu) para fazer a sinalização. Hoje (dia 10) vamos retornar ao local para uma reavaliação”, esclareceu o major Evi Gomes, secretário de Defesa Civil. 

Inúmeros (e antigos) problemas

A rodovia RJ-150 tem inúmeros problemas que levam perigo para pedestres e motoristas. Além dos buracos, há outros problemas, como mato alto, falta de iluminação e de acostamentos, má conservação de pontos de ônibus, entre outros. E a história é antiga. Alguns moradores contam que realizam diversos contatos através da Ouvidoria da prefeitura, do setor de iluminação pública, e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER): todos sem êxito.

Mas não é só o poder público que precisa fazer a sua parte. Nossa equipe também encontrou entulho e restos de obras em vários pontos da estrada, o que prejudica e causa inúmeros problemas, como bueiros entupidos.

 

LEIA MAIS

Na Via Expressa, uma mulher de 41 anos morreu após ter sido atropelada

Desde o último sábado entrou em vigor decreto que revoga atribuições da equipe

Levantamento foi feito para a Semana Nacional de Trânsito

Publicidade
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 78 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Trânsito