Primeiro carnaval desde a pandemia lota o Centro de Friburgo como nunca

Desfiles na avenida e shows na praça e “na rua da cerveja” atraem multidões, sem ocorrências policiais
terça-feira, 17 de maio de 2022
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)
A Praça Dermeval Barbosa Moreira lotada na sexta de carnaval (Fotos: Divulgação PMNF)
A Praça Dermeval Barbosa Moreira lotada na sexta de carnaval (Fotos: Divulgação PMNF)

​O primeiro carnaval após dois fevereiros sem folia, e totalmente fora de época, em pleno mês de maio, sem festa em outras cidades, pode explicar o expressivo número de foliões, possivelmente recorde, nas ruas de Nova Friburgo neste fim de semana prolongado. A VOZ DA SERRA aguarda um balanço, com números, da prefeitura.

Contribuiu, também, a extensa e diversa programação musical da prefeitura, que lotou shows realizados simultaneamente na Praça Dermeval Barbosa Moreira e na Rua Oliveira Botelho, que virou a “rua da cerveja” ao sediar a Momo Bier Fest. A Rua Monte Líbano, com alguns bares também promovendo shows, também atraiu muita gente.

Todos esses espaços do Centro da cidade ficaram lotados, sobretudo nas noites de sexta e sábado de carnaval. O policiamento conjunto entre o 11º BPM e a Guarda Civil Municipal também marcou presença ostensiva nas ruas, com equipes patrulhando a pé, de moto e em viaturas os pontos mais críticos.

Do samba ao funk     

A Monte Líbano, por exemplo, migrou do samba para um “bailão” funk nas noites de sexta e sábado. A folia, embalada por músicas que ecoavam de automóveis com potentes caixas de som, varou as madrugadas, para desespero dos moradores das redondezas (foto abaixo, de leitor).  No entanto, apesar da multidão, não foram registradas ocorrências graves.

De acordo com o balanço divulgado pelo 11º BPM (foto abaixo), durante os quatro dias de carnaval  não foram registradas ocorrências  ligadas à folia.

Na sexta-feira, 13, após o desfile das escolas do Grupo A,  durante a dispersão dos foliões, um veículo furou o bloqueio de interdição da Avenida Alberto Braune. Guardas municipais  deram  ordem de parada e abordaram o motorista, suspeito de  embriaguez, segundo nota da prefeitura. O condutor recebeu voz de prisão e foi conduzido à 151ª DP, onde passou por perícia. Constatada a alcoolemia, segundo a prefeitura, foi lavrado auto de prisão em flagrante e o motorista ficou detido.

Sucessão de shows e desfiles

O carnaval fora de época, batizado  oficialmente como “Reencontro com a Folia”, começou na noite de sexta, com o desfile da escola de samba mirim Sementes do Samba na Avenida Alberto Braune. Em seguida, foi a vez das quatro escolas de samba do grupo A (antigos blocos de enredo) - Globo de Ouro, Bola Branca (foto abaixo), Unidos do Imperador e Raio de Luar - esbanjarem animação. Enquanto isso, no palco montado na Praça Dermeval Barbosa, se apresentaram as bandas dos 9 aos 90,  PGZ, Pur’Intimidade, Cuca Luvre e o DJ Saulo Emerick.  Já a  Momo Bier Fest, na Rua Oliveira Botelho, virou ponto de encontro de centenas de friburguenses, entre várias barracas de cervejas artesanais da região, hambúrgueres  e espetos. A animação da primeira noite ficou por conta das bandas Empório do Choro e Rossini.

No sábado de carnaval, antes dos desfiles das escolas do Grupo Especial - Saudade, Alunos do Samba, Imperatriz de Olaria e Vilage no Samba - teve matinê infantil na Praça Dermeval Barbosa Moreira e desfile da bateria gospel Batucada Abençoada  na Alberto Braune. A matinê foi encerrada com o show do grupo Sabor de Samba. Na Alberto Braune também desfilou a Batucada Abençoada, com  ritmistas da Igreja Bola de Neve. Já na Momo Bier Fest, bandas locais se apresentaram no palco “Tributo a Nêgo Dé”, entre elas a On Jack Tall Jack, que fez grande sucesso. Enquanto isso, na Dermeval Barbosa,  as atrações foram Bruna de Paula, Filhas de Bamba e DJ Kokadah.

O domingo de carnaval, chuvoso e frio, teve na avenida blocos de embalo tradicionais como Maluco Beleza, dos 9 aos 90 e Piranhas, entre outros, e uma inédita micareta. Na praça, concursos de cães fantasiados, fantasias Infantil e gay, shows de mágica, matinê e show do grupo Bigode Serrano. Na rua da cerveja, as atrações foram As Fulanas, Nivaldo Ramos e Newton Couto, Capitão X, Marcello Pinguim e amigos.

Na segunda de carnaval, já com o tempo melhor após o desfile  cívico-militar pelos 204 anos de Nova Friburgo, a avenida teve marchinhas com Wlad e Sua Gente, outra micareta, enquanto a praça  vibrou com aeróbica, os DJs Petrillo e Alan Correa e o Pagode do Herdy fechando o carnaval friburguense.  Já a Momo Bier Fest teve como maior atração a banda Os Bartira, entre outras. 

 

LEIA MAIS

Vários setores comemoram o sucesso dos eventos da folia em maio e do aniversário da cidade

Resíduos foram deixados na rua por consumidores de barracas e por foliões que desfilaram

Daniel Silveira, Luiz Lima e Glauber Braga estiveram presentes na Alberto Braune no desfile comemorativo

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: carnaval