Parque dos Três Picos mantém suspensão das atividades

Decisão de manter local fechado segue recomendações dos municípios de Teresópolis e Guapimirim
sábado, 08 de maio de 2021
por Vinicius Gastin
Parque dos Três Picos mantém suspensão das atividades

Embora boa parte das atividades turísticas esteja liberada em Nova Friburgo – obviamente com cuidados e restrições, a visitação ao Parque Estadual dos Três Picos continua suspensa, pelo menos, até o próximo dia 17. A decisão foi tomada com base nas recomendações dos decretos publicados pelas prefeituras de Teresópolis e Guapimirim.

“Consideramos as medidas que estão sendo tomadas pelo Estado do Rio de Janeiro e seus municípios referentes ao avanço da Covid, e o fato de estar inserido no território de cinco municípios fluminenses (Cachoeiras de Macacu, Nova Friburgo, Teresópolis, Guapimirim e Silva Jardim) que dispõem sobre as novas medidas de enfrentamento da emergência em saúde pública decorrente do novo coronavírus”, explica a administração do parque em comunicado.

“A gestão do Parque Estadual dos Três Picos (PETP), adotando as recomendações proferidas pela Diretoria de Biodiversidade Áreas Protegidas e Ecossistemas (Dirpabe) e seguindo as medidas do município mais restritivo de abrangência ao PETP, resolveu que esta unidade estará fechada para atendimento ao público por tempo indeterminado”, finaliza o texto.

Mutirão em fevereiro

A retomada gradual das atividades no Parque dos Três Picos, após longo período fechado, teve início em agosto de 2020. No entanto, com o avanço da pandemia, há a necessidade de suspensão durante alguns períodos. Ainda assim, o local recebe todos os cuidados e manutenções necessárias para a conservação das dependências.

Em fevereiro passado, por exemplo, a equipe Salinas Três Picos participou de um mutirão de limpeza, em conjunto com a sociedade civil na região Cascatinha - Caledônia, nas proximidades de atrativos naturais, cachoeiras, ruas, trilhas, dentro da área do parque e também na zona de amortecimento. A ação contou com mais de 60 voluntários e retirou uma quantidade expressiva de resíduos.

“Esses resíduos podem causar mau cheiro, poluição visual, além de poluir a água, o solo e afetar a fauna. É comum que um animal, ao achar que se trata de alimento, alimente-se desses materiais, causando danos muitas vezes irreversíveis à sua vida”, alertam os organizadores. “Até mesmo materiais orgânicos devem ser levados de volta. Deixar esses produtos pode gerar um desequilíbrio no tipo de vegetação originária do local, assim como aos animais”, alerta.

O parque

Os entornos das áreas litorâneas das regiões Sudeste e Sul do Brasil são abrangidos pela cadeia montanhosa da Serra do Mar, a qual se estende por 1.500 quilômetros, desde o norte de Santa Catarina à região serrana do Rio de Janeiro. Atravessando quatro estados, a cadeia montanhosa apresenta diversas variações de altitude, vegetação e acidentes geográficos, apresentando belezas singulares como o Pico Paraná (1.877 metros); a Serra dos Órgãos, conhecida por ser a capital do montanhismo brasileiro; e o Parque Estadual dos Três Picos.

Exatamente neste último, dentro dos limites de Nova Friburgo, se encontra o ponto culminante de toda a Serra do Mar: o Pico Maior de Friburgo, com 2.316 metros de altitude. Criado em 2002, o parque é a maior unidade de conservação do estado, com 65 mil hectares que protegem a Mata Atlântica dos municípios de Cachoeiras de Macacu, Teresópolis, Silva Jardim, Guapimirim e Nova Friburgo.

Enquanto em Cachoeiras está localizada a sede do parque, é nos limites entre Nova Friburgo e Teresópolis que se encontram os melhores atrativos para as práticas do ecoturismo e esportes ao ar livre.

A região dos Três Picos, situada ao longo da rodovia Tere-Fri, a RJ-130, é referência nacional para montanhistas e escaladores que buscam escalada tradicional, travessias de mountain bike e trekking, ascensões a belas montanhas, além de banhos de rio e cachoeira, cavalgadas, acampamentos, relacionamento, gastronomia, hospitalidade e experiências inesquecíveis. O parque, que abriga 65% das espécies de aves da Mata Atlântica e mamíferos ameaçados de extinção como a onça parda e a jaguatirica, possui atrativos para todos os tipos de pessoas.

São mais de 100 vias de escalada estabelecidas. Além dos palcos para escalada, roteiros como o do Pico Médio de Friburgo, Pedra da Caixa de Fósforos e Pedra da Cabeça de Dragão são atividades emocionantes e próprias até mesmo para pessoas com o mínimo de preparo físico e disposição, desde que conheçam os percursos ou estejam acompanhadas de um guia ou condutor.

O ambiente familiar é composto por simpáticas e rústicas pousadas, restaurantes de comida caseira, pela população de hospitalidade ímpar e pelo próprio camping do parque, localizado a 1.700 metros de altitude, em uma bela e grande área verde chamada Vale dos Deuses. O local possui estrutura de apoio básico para turistas, como dois sanitários, dois chuveiros, água encanada e potável, forno à lenha, pias e mesa para refeições.

Durante a gestão municipal passada, o então prefeito de Nova Friburgo, Renato Bravo, sancionou a lei municipal que criou o Circuito Turístico Rural Três Picos. Segundo o governo, a medida teve o objetivo de potencializar o que há mais atrativo na região de Conquista, no distrito de Campo do Coelho, conhecida por suas belezas naturais em meio à Mata Atlântica preservada do Parque Estadual dos Três Picos.

Instituído pela lei 4660/2018, o circuito tem aproximadamente 47 quilômetros: inicia à esquerda do Km 9 da RJ-130 (Nova Friburgo-Teresópolis), no bairro Córrego Dantas, onde começa a Estrada Floresta Mendes, e termina na Rua Friburgo, no bairro Cascatinha, abrangendo também as localidades de Alto de Salinas, Salinas, Patrocínio, Centenário, Santa Cruz, Jaborandi, Baixada de Salinas e São Lourenço.

Esse é o primeiro circuito turístico rural instituído por lei na cidade. O reconhecimento legislativo da iniciativa regula políticas públicas, estabelecendo um cronograma físico e financeiro, bem como dotação orçamentária para o custeio do projeto. Além do novo circuito turístico rural - Três Picos, existem outros cinco em Nova Friburgo.

  • Acesso e passeios na região do Parque dos Três Picos seguem vedados até, pelo menos, até o próximo dia 17

    Acesso e passeios na região do Parque dos Três Picos seguem vedados até, pelo menos, até o próximo dia 17

  • Local é bastante frequentado por friburguenses e turistas para a prática de caminhadas, trilhas e outras atividades

    Local é bastante frequentado por friburguenses e turistas para a prática de caminhadas, trilhas e outras atividades

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: