Olimpíadas vão contar com protocolo de prevenção contra a Covid-19

Autoridades olímpicas divulgaram uma cartilha com regras anti-Covid-19
quarta-feira, 28 de abril de 2021
por Vinicius Gastin
Atletas e demais envolvidos nos Jogos terão que seguir protocolo rigoroso contra a Covid
Atletas e demais envolvidos nos Jogos terão que seguir protocolo rigoroso contra a Covid

A preocupação com a saúde dos atletas envolvidos com os Jogos Olímpicos de Tóquio é grande. E chegou a ameaçar a realização do evento, agora oficialmente confirmado para acontecer entre 23 de julho e 8 de agosto deste ano. Desta forma, as autoridades olímpicas divulgaram uma cartilha com regras anti-Covid-19. Entre elas, está a proibição de cantos durante os eventos e a obrigação dos participantes usarem máscaras.

As medidas incluem a proibição de autoridades e equipes de federações internacionais quanto ao transporte público sem permissão. A Olimpíada de Tóquio foi adiada em um ano devido à pandemia do novo coronavírus em 2020, e por conta de todo o contexto envolvido, os organizadores admitem que os Jogos serão "diferentes" de qualquer Olimpíada anterior. O país oriental vive um aumento no número de casos confirmados da Covid-19.

As delegações e equipes participantes das Olimpíadas vão ter que escolher uma autoridade responsável por exigir que os participantes obedeçam a todas as diretrizes estipuladas pela organização do evento. Os testes de Covid-19 deverão ser feitos a cada quatro dias, e as delegações deverão se deslocar apenas com o transporte oficial disponibilizado pela organização. As pessoas envolvidas com a realização dos Jogos vão ter permissão para se deslocar apenas por instalações esportivas e locais pré-determinados.

O teste de Covid será obrigatório antes de entrar na Vila dos Atletas mesmo para quem estiver realizando período de treinos no Japão. Os atletas devem deixar o local no máximo 48h após a última competição. Já as refeições devem ser feitas com distância mínima de dois metros para outras pessoas. Estar vacinado não é um requisito para estar nos Jogos Olímpicos, mas o Comitê Olímpico Internacional recomenda que os atletas se vacinem.

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: