Movimento no comércio de Friburgo caiu 15% em relação ao Natal de 2019

Em dezembro houve discreta recuperação do setor, que, no entanto, não cobriu prejuízos do ano
terça-feira, 29 de dezembro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Movimento de compras em plena pandemia em Friburgo (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
Movimento de compras em plena pandemia em Friburgo (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

O desempenho do comércio da cidade em dezembro apresentou melhora em relação aos meses anteriores, mas não chegou ao patamar registrado no mesmo período do ano passado. Dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Nova Friburgo, mostram que as vendas de Natal sofreram queda de 15% ante o movimento verificado em 2019. De acordo com o presidente da entidade Braulio Rezende, este cenário já era esperado.

“Vivemos um ano muito difícil, com pandemia, lojas fechadas por quase 120 dias e consumo em retração. Embora o Natal tenha ajudado a recuperar parte das perdas acumuladas desde março, as vendas ficaram abaixo do ano passado, como prevíamos”, analisou.

Ele revelou que a pequena retomada no setor começou a ocorrer em novembro, com a Black Friday, evento que vem crescendo gradualmente e se consolidando como antecipação do Natal.

“Na verdade, não dá para confrontar 2019 com 2020, porque nossa realidade hoje é completamente diferente. De qualquer maneira, acreditamos que foi um bom Natal, em vista dos problemas que nós, empresários, funcionários e consumidores, enfrentamos ao longo dos últimos meses”, assinalou.

Também presidente do Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) de Nova Friburgo, Braulio enfatizou que a ampliação do horário de atendimento em dezembro contribuiu para a alta das vendas. Acertada com o Sindicato dos Empregados, a medida possibilitou abertura do comércio até 22 horas durante a semana, assim como nos domingos e nas manhãs de segunda-feira, quando normalmente as lojas respeitam a Semana Inglesa e o expediente se inicia às 13 horas.

“O horário estendido favorece as vendas e facilita a vida dos consumidores que fazem suas compras de Natal em Nova Friburgo. Num momento de pandemia, colaborou igualmente para evitar aglomerações no interior dos estabelecimentos”, observou Rezende.

 

LEIA MAIS

Código de Defesa do Consumidor não obriga loja física a efetuar troca de produtos por gosto ou tamanho

Pandemia exige agendamento para a participação presencial dos fiéis

Para evitar a disseminação da Covid-19, empresas estão optando por celebrações virtuais ou outros benefícios para os funcionários

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Natal