Guarda Municipal identifica homem que incendiou seis lixeiras no Centro

Ação foi possível graças à colaboração do Centro de Monitoramento Cidade Inteligente e de lojas próximas dos locais do vandalismo
segunda-feira, 04 de maio de 2020
por Jornal A Voz da Serra
A prisão do acusado (Divulgação)
A prisão do acusado (Divulgação)

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Nova Friburgo, que tem como principal atribuição  preservar o patrimônio público do município, tem desempenhado um papel importante nesse período de enfrentamento ao coronavírus, especialmente com relação a fiscalização do cumprimento dos decretos municipais e estaduais. A VOZ DA SERRA já noticiou a realização de operações para fiscalizar lojas abertas e até para coibir a visitação do Pico da Caledônia, que está proibido.

No último sábado, 2, a GCM promoveu mais uma ação digna de aplausos em Nova Friburgo. Agentes agiram rápido e conseguiram identificar e deter o homem apontado como o responsável por incendiar seis lixeiras do tipo contêiner no centro da cidade nos últimos dias.

Das lixeiras que foram alvo da ação do vândalo, cinco foram totalmente destruídas (duas na Praça Getúlio Vargas; outras duas na Praça Dermeval Barboza Moreira – Centro de Turismo; e outra na Rua Fernando Bizzotto). Outra lixeira localizada na Avenida Alberto Braune foi parcialmente destruída pelo fogo.

A ação só foi possível graças à colaboração da Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia, através do Centro de Monitoramento Cidade Inteligente e da colaboração de estabelecimentos comerciais localizados próximo de onde ocorreram os atos de vandalismo. Já na 151ª DP, o acusado confessou a autoria dos atos de vandalismo.

 

LEIA MAIS

Busto de Zamenhof e imagem de Vergilius são os mais novos alvos de vandalismo na cidade

Imagens das câmeras do Cidade Inteligente estão sendo analisadas para a identificação dos autores

Delegacia investiga o caso, flagrado por câmeras de segurança de um edifício próximo

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: vandalismo