Frizão viaja para encarar o Nova Iguaçu pelo Grupo X neste sábado

Tricolor da Serra busca, fora de casa, repor os pontos deixados aqui diante do América
sábado, 25 de janeiro de 2020
por Vinicius Gastin
Durante os treinamentos, técnico Cadão cobrou mais atenção dos jogadores e trabalhou a bola alta
Durante os treinamentos, técnico Cadão cobrou mais atenção dos jogadores e trabalhou a bola alta

O gosto amargo pelo empate sofrido no último minuto contra o América, em Nova Friburgo, foi digerido pelo Friburguense durante a semana. E não apenas isso. O técnico Cadão aproveitou as sessões de treinamentos para cobrar um pouco mais de concentração, e ajustar detalhes para voltar a vencer e buscar, fora de casa, os pontos deixados na primeira rodada do Grupo X. O desafio deste sábado, 25, é o jogo contra o Nova Iguaçu, às 15h, no Laranjão.

"Faltou um pouco de concentração naquele último minuto para a nossa equipe, mas agora já foi. Precisamos nos concentrar neste próximo jogo", resume o atacante Toshyia.

Na curva de evolução do Tricolor da Serra no Estadual de 2020, o processo criativo da equipe vem melhorando a cada jogo. Desde a partida contra o Macaé, pela terceira rodada da Seletiva, o Friburguense vem numa crescente neste quesito, criando chances e marcando os gols. Diante do América, o Frizão voltou a produzir no ataque, e conseguiu marcar duas vezes com Jorge Luiz. O capitão, inclusive, cobra mais atenção da equipe para o jogo na baixada fluminense.

“Acredito que não houve relaxamento por conta da nossa equipe, mas teve desatenção. Fizemos um excelente jogo, mas infelizmente erramos duas bolas paradas e eles conseguiram o empate. Não vai abalar nossa equipe, pelo contrário, vai nos dar mais motivação. Desde o primeiro jogo contra o América o time fez excelentes partidas, e vamos manter esse nível. É não bobear mais para livrarmos do rebaixamento logo nessa fase. Não podemos deixar pra depois", diz. 

O empate deixou o Tricolor da Serra com um ponto ganho no Grupo X, mesma pontuação de todos os adversários desta fase da competição. Uma das boas novidades do Friburguense nos últimos jogos, Jhonatan entrou novamente na equipe durante o segundo tempo da partida contra o América, em Nova Friburgo. 

Com boa movimentação e agilidade, o atacante se tornou uma boa opção para o técnico Cadão, seja no banco de reservas ou iniciando entre os 11 titulares. Em poucas palavras, o jogador destacou o período de treinos para acertar detalhes e corrigir eventuais falhas.

"Pecamos nos detalhes. Nós tomamos dois gols de bola parada, e temos que treinar essa semana para corrigir as falhas e, desta forma, não errar mais no próximo jogo", avalia o técnico do Tricolor da Serra.

A tendência é que o técnico Cadão mantenha a mesma formação que enfrentou o América. O clube perdeu o lateral esquerdo Digão, que retornou ao Americano, a pedido do time de Campos. No primeiro encontro entre as equipes, pela Seletiva, logo na rodada inaugural, na Baixada Fluminense, o Nova Iguaçu venceu o Friburguense por 2 a 0, em partida com primeiro tempo de domínio tricolor e segunda etapa com o time laranja superior.

“Vamos dar continuidade ao trabalho, mas logicamente sabemos que perdemos uma grande oportunidade de abrir na liderança, principalmente porque tínhamos conseguido abrir uma boa vantagem na partida. Bobeamos em algumas situações que aconteceram, principalmente na parte final do jogo. Mas na nossa reapresentação conversamos e vamos procurar resolver internamente para que não venha acontecer novamente”, resume o técnico Cadão.

Ainda em busca do primeiro gol na temporada, o atacante Dedé prevê dificuldades, mas ressalta que o Friburguense ganhou confiança após os últimos jogos. O camisa 9 tricolor também admite estar ansioso por balançar as redes pela primeira vez em 2020.

“Vai ser um jogo difícil. O time deles está bem encaixado, tem qualidade, jogadores experientes, um ataque muito rápido e tem o clima também. Não sei como vai estar no dia do jogo, mas quando jogamos contra eles na Seletiva estava muito quente. A gente vem fazendo bons jogos, mas no último passe a bola não estava entrando.  Depois do jogo contra o Americano o time ganhou uma confiança. Existe a ansiedade pelo primeiro gol. Tive algumas oportunidades em duas bolas no jogo contra o América, mas Deus está no controle. Espero marcar contra o Nova Iguaçu”, torce Dedé. 

 

2ª rodada do Grupo X

Sábado, 25 - 15h 

Nova Iguaçu x Friburguense, Laranjão

América x Americano, Giulite Coutinho

 

Classificação - Grupo X

1º- América, 1 pt

2º- Friburguense, 1 pt

3º- Americano, 1 pt

4º- Nova Iguaçu, 1 pt

 

Tabela do Frizão - Grupo X

Friburguense 2 x 2 América, Eduardo Guinle

Sáb, 24 - 15h - Nova Iguaçu x Friburguense, Laranjão

05/fev - Qua - 15h - Friburguense x Americano, Eduardo Guinle

08/fev - Sáb - 15h - América x Friburguense, Giulite Coutinho

15/fev - Sáb - 15h - Friburguense x Nova Iguaçu, Eduardo Guinle

19/fev - Qua - 15h - Americano x Friburguense, Antonio Medeiros

 

Bloco do Frizão

Em 2020 o Bloco do Frizão vai exaltar os 40 anos do Friburguense Atlético Clube, em desfile na sexta-feira de Carnaval (21 de fevereiro). Os ensaios estão acontecendo todas as sextas-feiras, na sede social do clube, inclusive com a reprodução do novo samba-enredo. O bloco também deve promover, à exemplo de 2019, eventos com as participações das escolas de samba de Nova Friburgo. As datas serão divulgadas em breve, bem como os detalhes para a compra dos abadas.

LEIA MAIS

Paduano é uma das equipes que seguem na briga pelo título e acesso

Siqueira pontua mudanças no futebol e traça planos para “mudar” a imagem passada pelo time

Com a parte social estável, desafio é apoiar o futebol do clube nos próximos três anos

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol