Frizão perde mais uma vez e fica em situação delicada na Seletiva

Depois de desperdiçar inúmeros contrataques,Tricolor da Serra acabou castigado no fim da partida
terça-feira, 02 de fevereiro de 2021
por Vinicius Gastin
André foi uma das novidades na escalação: mudanças no segundo tempo surtiram efeito
André foi uma das novidades na escalação: mudanças no segundo tempo surtiram efeito

Os deuses do futebol não perdoam. E nem sempre premiam por merecimento. O Friburguense teve postura, mas não capricho. Teve gol de estreante, pênalti defendido por Afonso, mas também cochilos defensivos e oportunidades desperdiçadas em série. O gol de Roberto Júnior, de cabeça, no último minuto do tempo regulamentar, decretou a vitória do Sampaio Corrêa por 2 a 1 na tarde do último sábado, 30 de janeiro, no Eduardo Guinle, e deixou o Frizão em situação bastante delicada na tabela de classificação.

 Se há ponto positivo, seja para a sequência de Seletiva ou até projetando a fase principal ou Série A2 do Estadual, o Tricolor ganhou opções. Leo Rodrigues, autor do gol de empate, e Hellton, as duas últimas contratações, mudaram o panorama do segundo tempo em Nova Friburgo. Assim como Jhonatan atuando mais aberto pela esquerda.

O duelo em Nova Friburgo encerrou o primeiro turno da Seletiva e nesta quarta-feira, 2, terá início o returno da competição, onde o Frizão vai enfrentar os mesmos adversários em sequência, porém com os mandos de campo invertidos. O primeiro desses compromissos é o jogo contra o Nova Iguaçu, às 15h30, no Eduardo Guinle.

O jogo

Ainda sem vencer na Seletiva, o Friburguense tentava dar aquele que poderia ser um dos últimos suspiros na competição. Vencer era primordial para seguir com chances matemáticas de ir à fase principal, e para tanto, era necessário apresentar algo diferente do que foi mostrado até então. O técnico Cadão resolveu começar pela escalação, em dose tripla, promovendo as entradas de Jairo, André e Jefferson nas vagas de Sanderson, Wellington e Jhonatan. Thai passou a jogar no comando de ataque.

O Sampaio também subiu a serra com modificações após a derrota em casa, e chutou pela primeira vez ao gol aos dois minutos, com Berriel, para a defesa segura de Afonso. Pouco depois, o goleiro tricolor voltou a trabalhar após cabeçada do experiente Alexandro, em sua melhor característica.

As alterações promovidas pelo Tricolor, com o objetivo de tornar o time mais ofensivo esbarravam no processo criativo. Os lançamentos longos de Luiz Felipe eram um álibi em meio a pouca aproximação entre os jogadores, e foi numa dessas bolas esticadas que Toshyia saiu em condições e disputou com Bruno. Com um leve toque de cabeça o japonês conseguiu tirar do goleiro, mas foi atrapalhado pela zaga e não concluiu em gol.

O caminho parecia ser pelas laterais. E foi tentando explorar a velocidade de Thai e Jefferson que o Friburguense conseguiu ter mais posse e controlar as ações em meio ao jogo truncado. Depois de algum tempo sem se aproximar da área de Afonso, o Sampaio foi letal com aquilo que falta ao Frizão: uma referência no ataque. A bola chegou até Alexandro aos 30 minutos, e o camisa nove escorou de cabeça para abrir o marcador.

O Friburguense, até então com atitude melhor em relação às partidas anteriores, sentiu o gol. No banco de reservas substituindo Cadão, com problemas particulares, Sergio Gomes mexeu ainda antes do intervalo: Flavinho deixou o campo para entrada de Jhonatan. Não deu tempo para avaliar a resposta da nova configuração, e o primeiro tempo teve fim.

Segundo tempo

Depois do intervalo passaram a ser três as mudanças a serem observadas. Sergio promoveu a entrada e estreia do zagueiro Heltton, substituindo André. Ricardo voltou para o meio, e o Friburguense passou a jogar com três zagueiros. Em busca da referência, Leo Reis também debutou com a camisa tricolor. Logo no primeiro toque na bola, o centroavante escorou o chute mascado de Jefferson e, aos três minutos, deixou tudo igual no Eduardo Guinle. O detalhe é que o lance surgiu de um escanteio, a partir de chute perigoso de Jhonatan defendido por Bruno.

Era a amostra da postura completamente diferente, de uma equipe que se refez e voltou com outro espírito dos vestiários. Não fosse o impedimento ou a bela defesa de Bruno, Léo Rodrigues teria colocado o Frizão em vantagem pouco depois. Do mesmo modo, a marcação de uma falta na grande área salvou o Tricolor de sofrer o segundo gol. Contudo, de fato, o Friburguense era melhor em campo, e perdeu grande chance no contra ataque puxado por Jhonatan. Eram quatro contra dois, mas o camisa 20 preferiu o chute e errou o alvo.

As chances apareciam, mas o Tricolor as desperdiçava. Novo bom contra golpe aos 22 minutos passou por Leo Rodrigues, Jhonatan e chegou para Toshyia, que bateu por cima. Mais uma vez, o Frizão poderia ter pago pelo pecado, quando aos 31 minutos, o árbitro enxergou pênalti – bastante discutível – de Heltton sobre Alexandro. O próprio camisa nove bateu e Afonso foi buscar no canto esquerdo.

Embora não com o mesmo ímpeto, o time de Nova Friburgo permaneceu perigoso no ataque. Aos 42, Ricardo inverteu para Sanderson na grande área, mas faltou capricho no momento da conclusão. O castigo chegou aos 45, após cobrança de falta. Roberto Júnior subiu mais que todo mundo e cabeceou sem chances de defesa. Ainda deu tempo para Toshyia desperdiçar grande oportunidade, passando a limpo o que foi o Friburguense diante do Sampaio. Sem o cumprimento de todos os minutos acrescentados, o jogo teve fim no Eduardo Guinle.

 

Ficha Técnica

Friburguense 1 x 2 Sampaio Corrêa

Campeonato Carioca Série A 2021

Fase Seletiva – Turno

5ª rodada

30/01/2021- 15h30

Estádio Eduardo Guinle, Nova Friburgo-RJ

Árbitro: Lucas Estevão

Assistentes: Daniel do Espírito Santo e Guilherme Tavares

 

Friburguense: Afonso; Jairo (Sanderson), Bruno Leal, Jhonata e Flavinho (Jhonatan); Luiz Felipe, André (Heltton), Ricardo e Thai (Leo Rodrigues); Toshyia e Jefferson (Wellington).

Técnico: Cadão

 

Sampaio Corrêa: Bruno, Léo Fernandes, André, Roberto Junior e Gonçalves; Jefinho, Dja Baiano, Berriel e Diogo Oliveira; Wendson e Alexandro.

Técnico: Flávio Tinoco

 

Resultados da 5ª rodada

Cabofriense 1 x 0 Nova Iguaçu, Correão

Americano 3 x 0 América, Antonio Medeiros

Friburguense 1 x 2 Sampaio Corrêa, Eduardo Guinle

 

Tabela do Frizão – Turno

Nova Iguaçu 1 x 0 Friburguense, Laranjão

Friburguense 1 x 1 Americano, EduardoGuinle

Cabofriense 2 x 1 Friburguense, Correão

Friburguense 1 x 2 América, Eduardo Guinle

Friburguense 1 x 2 Sampaio Corrêa, Eduardo Guinle

 

Returno

Quarta, 3 – 15h30 - Friburguense x Nova Iguaçu, Eduardo Guinle

Sábado, 6 – 15h30 – Americano x Friburguense, Antônio Medeiros

Quarta, 10 – 15h30 – Friburguense x Cabofriense, Eduardo Guinle

Quarta, 17 – 15h30 – América x Friburguense, Giulite Coutinho

Sábado, 20 – 15h30 – Sampaio Corrêa x Friburguense, Lourival Gomes

 

Classificação – Seletiva

1º – Cabofriense, 10 pts

2º – Nova Iguaçu, 10 pts

3º – Americano, 7 pts

4º – Sampaio Corrêa, 7 pts

5º – América, 6 pts

6º – Friburguense, 1 pt

 

- 1ª rodada – Seletiva (Returno)

Quarta-feira, 3 – 15h30

Sampaio Corrêa x América, Lourival Gomes

Cabofriense x Americano, Correão

Friburguense x Nova Iguaçu, Eduardo Guinle

 

 

LEIA MAIS

Paduano é uma das equipes que seguem na briga pelo título e acesso

Siqueira pontua mudanças no futebol e traça planos para “mudar” a imagem passada pelo time

Com a parte social estável, desafio é apoiar o futebol do clube nos próximos três anos

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol