Friburgo volta à bandeira laranja nesta segunda, dia 8

Estágio libera aulas presenciais nas escolas particulares e atividades comerciais que estavam restritas como bares e restaurantes
sábado, 06 de março de 2021
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)
Friburgo volta à bandeira laranja nesta segunda, dia 8

Depois de uma semana de bandeira vermelha e muita polêmica com as alterações nas regras de flexibilização de várias atividades, a segunda semana de março será em bandeira laranja em Nova Friburgo. O novo estágio passa a valer a partir da próxima segunda-feira, 8, até o outro domingo, 14. 

A bandeira laranja, que significa “risco moderado” de contágio pelo coronavírus, libera atividades comerciais que estavam operando de forma restrita, como bares, lanchonetes e restaurantes.

A bandeira laranja permite que escolas particulares retomem as aulas presenciais. De acordo com decreto municipal publicado no início de fevereiro, as unidades de ensino de Nova Friburgo estão liberadas para o retorno presencial das atividades a partir da próxima segunda-feira, dependendo da bandeira. As escolas municipais, no entanto, não devem retornar ao modo presencial enquanto todas as 121  unidades não forem vistoriadas. Em caso de bandeira vermelha e bandeira roxa não haverá aulas presenciais.

O que poderá funcionar a partir da próxima segunda-feira:

  • Indústria: funcionarão com capacidade até 60%;
  • Comércio e serviços: autorizado de 10h às 19h, de segunda a sábado;
  • Bares e congêneres: autorizado com 30% da capacidade, das 7h às 19h
  • Restaurantes, lanchonetes e praças de alimentação de shoppings: autorizado com 40% da capacidade, das 7h às 23h
  • Barbearias e salões de beleza: poderão funcionar por meio de agendamentos. Não será permitida a espera dentro do estabelecimentos;
  • Hotéis e pousadas: funcionarão com lotação máxima de 60%;
  • Clubes sociais: liberados para até 40% de capacidade, vedadas atividades de contato;
  • Turismo e parques: liberados;
  • Instituições religiosas: liberados para funcionar com até 60% da capacidade;
  • Academias: funcionarão com 60% da capacidade;
  • Shoppings: liberados

 

Na próxima sexta-feira, 12, será realizada uma nova aferição para definir a cor da bandeira que valerá na semana seguinte.

Desde março, 309 óbitos e 10.503 infectados na cidade

De acordo com o novo Boletim Coronavírus divulgado pela Prefeitura de Nova Friburgo no início da noite desta sexta-feira, 5, subiu para 10.503 o número de casos totais confirmados de Covid-19 no município desde o início da pandemia. Do total, 677 são profissionais de saúde, com quatro óbitos confirmados na classe.

Ao todo, o município registra 309 mortes. Nova Friburgo ainda contabiliza outros 25 pacientes com suspeita da doença. Desses, 19 estão em casa aguardando resultados dos exames, dois estão internados e ainda há quatro óbitos em investigação. A prefeitura também informou o registro de 4.726 pacientes recuperados e 11.084 casos descartados. Ao todo, 21.612 testes de Covid-19 foram realizados no município até agora.

Ocupação de leitos 

Ainda de acordo com o boletim divulgado pela prefeitura, a taxa média de ocupação nos leitos de UTI destinados exclusivamente ao tratamento de pacientes com Covid-19 nesta sexta nos hospitais locais foi de 40,48%: (Raul Sertã: 35%); (Unimed: 50%); (São Lucas: 40%); e (Serrano: 50%). Do total de 42 leitos, 17 estavam ocupados.

Já nos leitos de enfermaria, a taxa de ocupação foi de 29,87%: (Raul Sertã: 40,91%); (Unimed: 40%); (São Lucas: 15%); (Serrano: 10%). Do total de 77 leitos, 23 estavam ocupados. 


 

LEIA MAIS

Profissionais fazem apelos nas redes sociais e prefeitura confirma situação crítica

Do total agora de 110 vagas, 94 estavam ocupadas, contra 69 na véspera, de um total de 93. Novos casos chegam a 256 em 24h

Dos 50 leitos disponíveis em toda a cidade, 49 estão ocupados. Deputado pede ajuda das Forças Armadas e Raul Sertã ganha nova ala Covid

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra