Friburgo tem 84% da população-alvo imunizada e soma 12 dias sem mortes por Covid

Maioria dos pacientes internados com a doença não foi vacinada
quarta-feira, 24 de novembro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Aferição de temperatura em entrada de shopping em Nova Friburgo (Foto: Henrique Pinheiro)
Aferição de temperatura em entrada de shopping em Nova Friburgo (Foto: Henrique Pinheiro)

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), até esta quinta-feira, 18, dados do Sivep-Gripe indicavam que a maioria das internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), causadas pela Covid-19, eram de pacientes não vacinados ou com esquema vacinal incompleto. Os mais acometidos são os adultos com 49 anos ou menos. Os dados reforçam ainda mais a importância de se completar o ciclo vacinal, além da dose de reforço.

“Esses dados comprovam que quem recebe todos os imunizantes está mais protegido em relação aos não vacinados. O avanço na vacinação fez com que as internações hospitalares caíssem, levando a nossa taxa de ocupação para patamares bem baixos. A ocupação nas enfermarias está em 16,5%, e nas UTIs, em 28,4%”, destaca o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe.

Ainda de acordo com o levantamento, na faixa etária de 49 anos ou menos, 42,59% não foram vacinados, 39,57% de forma parcial e 9,82% completaram o ciclo. Os adultos entre 50 e 64 anos, 23,7% não se imunizaram, 27,81% receberam uma dose e 19, 01% as duas. Já o grupo de idosos que mais recebeu a dose de reforço foi o de 80 a 84 anos, com uma cobertura de 95,1%, vindo depois do grupo de 70 a 74, com 55,4% de imunização contra a Covid-19. O secretário estadual de Saúde ressalta também a importância da população receber a dose de reforço, disponível nos postos de saúde, e continuar mantendo as medidas de prevenção.

“Até o momento, apenas 10,6% dos idosos com idade entre 60 e 64 anos receberam as doses de reforço no estado, conforme registros do Programa Nacional de Imunizações (PNI), e 31,9%, entre 65 e 69 anos. Coberturas que precisam aumentar para garantir imunidade completa. A pandemia ainda não acabou, por isso é importante também que a população continue mantendo as medidas de prevenção”, adverte Chieppe.

Vacinação em Nova Friburgo

Nova Friburgo totalizou 310.020 vacinas utilizadas até o último dia 18. Deste total, 154.227 vacinas foram aplicadas para primeira dose e 134.405 para a segunda. Para dose única, foram aplicadas 4.360 e 17.080 de terceira dose. Ainda até a quinta-feira passada, 84,05% da população-alvo, ou seja, pessoas acima de 12 anos, haviam sido totalmente vacinadas (receberam as duas doses ou a dose única).

Graças ao avanço da imunização no município, nas últimas semanas houve uma drástica redução nas taxas de ocupação de leitos destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19, seja no Hospital Municipal Raul Sertã, ou nos outros três hospitais particulares da cidade. O número de óbitos também vem sendo reduzido significativamente, o que também pode ser creditado ao alto percentual de imunização em Nova Friburgo.

A secretária municipal de Saúde, Nicole Cipriano, salienta que todos devem fazer a sua parte e não deixar de se vacinar. "Caso ainda não tenha recebido nem a primeira dose, fique atento ao cronograma de vacinação divulgado semanalmente pela prefeitura e não deixe de se imunizar na próxima repescagem. Fique atento também à data prevista para a sua segunda dose e não deixe de retornar à unidade de saúde para a segunda aplicação. O mesmo vale para a dose de reforço, agora autorizada pelo Ministério da Saúde a todas as pessoas com mais de 18 anos de idade", disse Nicole.

Boletim

De acordo com o boletim sobre a Covid-19 divulgado pela Prefeitura de Nova Friburgo na última segunda-feira, 22, subiu para 25.784 o número total de casos confirmados da doença no município. Do total de infectados, 851 são profissionais de saúde, com seis óbitos confirmados na categoria. Ao todo, o município registra 864 mortes, ou seja, 12 dias seguidos sem mortes registradas.

Nova Friburgo contabiliza ainda outros cinco pacientes com suspeita da doença. Destes, um está internado e ainda há quatro óbitos em investigação. A prefeitura também informou o registro de 14.696 pacientes recuperados e 24.183 casos descartados. Ainda de acordo com o boletim, ao todo, 49.972 testes de Covid-19 foram realizados no município até agora, sendo que 51,59% testaram positivo.

Ainda de acordo com o boletim, a taxa média de ocupação nos leitos de UTI destinados a pacientes com Covid-19 nesta segunda-feira, nos hospitais locais, foi de 0%. Já nos leitos de enfermaria, a taxa de ocupação foi de 9,40%: (Raul Sertã: 27,30%); (Unimed: 0%); (São Lucas: 0%); (Serrano: 0%). Do total de 32 leitos, três estavam ocupados.

 

LEIA MAIS

Em casos de resultado positivo, o tratamento é integralmente oferecido pelo SUS

No Brasil, estima-se que existam 920 mil pessoas vivendo com o virus HIV

Será aplicada a primeira dose em adolescentes a partir de 12 anos e em adultos a partir dos 18

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra