Friburgo registra pelo menos 4 acidentes no fim de semana

Uma pessoa morreu e seis ficaram feridas, todas abaixo de 30 anos
segunda-feira, 22 de novembro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
O parachoque de um dos veículos que caíram no Bengalas (Fotos: Henrique Pinheiro)
O parachoque de um dos veículos que caíram no Bengalas (Fotos: Henrique Pinheiro)

Entre sexta-feira, 19, e domingo, 21, foram registrados pelo menos quatro acidentes de trânsito em Nova Friburgo. No total, uma pessoa morreu e seis ficaram feridas. Uma viatura da Polícia Ambiental tombou na descida da Rua da Igreja Católica, em Lumiar, na tarde de sexta-feira, 19. Dois policiais que estavam na viatura não sofreram ferimentos. 

Ainda na sexta-feira, um veículo particular caiu dentro do Rio Bengalas, na Avenida Governador Roberto Silveira, Prado, distrito de Conselheiro Paulino. O Corpo de Bombeiros informou que foi acionado para atender a ocorrência às 23h27. No local, duas vítimas – um homem de 29 anos e uma mulher de 26 anos – foram socorridas pelos militares do 6º GBM.

Já no domingo, 21, por volta da meia-noite, uma mulher de 23 anos morreu em um acidente na Terê-Fri (RJ-130) na altura do Cardinot. Um homem de 26 anos ficou ferido.

Por volta das 5h, outro veículo caiu dentro do Rio Bengalas, na Avenida Comte Bittencourt, em frente ao posto de combustíveis Carestiato, na altura da Rua Fernando Bizzotto. Três vítimas – dois homens, de 23 e 25 anos; e uma mulher, de 21 anos – foram resgatadas pelos bombeiros.

 

LEIA MAIS

Em outra batida, próximo ao pedágio de Furnas, motorista fica ferido

Exame clínico no IML mostrou ainda que rapaz de 23 anos, com oito anotações criminais, estava alcoolizado

Moradores e usuários reivindicam redutor de velocidade em local conhecido como Reta do Lupi

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: acidente