Friburgo imunizará menos de 1% da população na primeira fase

Município receberá do estado, de imediato,1.924 doses da vacina contra a Covid-19. Profissionais de saúde e idosos em abrigos serão os primeiros
segunda-feira, 18 de janeiro de 2021
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Friburgo imunizará menos de 1% da população na primeira fase

De acordo com uma planilha da Secretaria estadual de Saúde, o governo do estado já organizou a distribuição das primeiras doses da vacina contra Covid-19 que serão distribuídas nos 92 municípios fluminenses.

Segundo a planilha, Nova Friburgo receberá 4.030 doses, sendo apenas 1.924 na primeira fase. Desta forma, menos de 1% da população será imunizada nesta primeira fase.

A distribuição será da seguinte forma:

  • Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas (abrigadas em asilos): 126
  • Pessoas com deficiência institucionalizadas: 9
  • Trabalhadores de saúde: 1.789
  • Total (Fase 1): 1.924
  • Percentual populacional: 0,83%
  • Doses a distribuir: 4.030

Nos demais municípios, a distribuição está assim:

  • Bom Jardim: Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 18; Pessoas com Deficiência Institucionalizadas, 1; 34% Trabalhadores de Saúde(a): 233; Total (FASE 1): 253; Percentual Populacional: 0,11%; Doses a Distribuir: 530; Cachoeiras de Macacu:
  • Cordeiro: Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 16; Pessoas com Deficiência Institucionalizadas, 1; 34% Trabalhadores de Saúde(a): 306; Total (FASE 1): 323; Percentual Populacional: 0,14%; Doses a Distribuir:670;
  • Cantagalo: Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 15; Pessoas com Deficiência Institucionalizadas: 1; 34% Trabalhadores de Saúde(a): 208; Total (FASE 1): 218; Percentual Populacional: 0,09%; Doses a Distribuir: 450;
  • Cachoeiras de Macacu: Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 37; Pessoas com Deficiência Institucionalizadas, 3; 34% Trabalhadores de Saúde(a): 523; Total (FASE 1): 562; Percentual Populacional: 0,24%; Doses a Distribuir: 1.170;
  • Duas Barras: Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 9; Pessoas com Deficiência Institucionalizadas, 1; 34% Trabalhadores de Saúde(a): 119; Total (FASE 1): 129; Percentual Populacional: 0,06%; Doses a Distribuir: 260;
  • Petrópolis: Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 220; Pessoas com Deficiência Institucionalizadas, 16; 34% Trabalhadores de Saúde(a): 4.443; Total (FASE 1): 4.678; Percentual Populacional: 2,01%; Doses a Distribuir: 9.810
  • Teresópolis: Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 116; Pessoas com Deficiência Institucionalizadas, 8; 34% Trabalhadores de Saúde(a): 2.118; Total (FASE 1): 2.243; Percentual Populacional: 0,96%; Doses a Distribuir: 4.700.

O município ainda não divulgou o dia em começa a vacinação contra Covid-19 e nem os postos que serão utilizados. Mas já chegaram nesta segunda-feira, 18, um total de 62,2 mil  seringas e agulhas fornecidas pelo governo do estado para a vacinação contra a  Covid-19.

Segundo a subsecretária de Vigilância em Saúde, Fabíola Braz Penna, a chegada destes insumos não significa que o município receberá a mesma quantidade de doses da vacina, pois isso dependerá das determinações do Ministério da Saúde.

A responsabilidade da distribuição dos insumos é da Secretaria estadual de Saúde e deve atender inicialmente ao grupo prioritário. Ainda não há previsão, até o momento, de mais envios por parte do estado de novas remessas do quantitativo dos insumos nem sobre as doses de vacina.

 

LEIA MAIS

Imunização do pessoal da saúde abaixo de 50 foi retomada com grande fila no Suspiro e continua nesta sexta

Punição também valerá para quem aplicar a dose indevidamente

Já colégios particulares devem retornar ao modo presencial e serão fiscalizado pela Vigilância Sanitária, se bandeira permitir

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra