Festas de fim de ano aumentam oferta de vagas de emprego temporárias

No comércio de Friburgo vários cartazes nas portas das lojas avisam sobre demanda neste período
quinta-feira, 25 de novembro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
No comércio de Nova Friburgo vários cartazes nas portas das lojas avisam sobre novas contratações neste período (Fotos: Henrique Pinheiro)
No comércio de Nova Friburgo vários cartazes nas portas das lojas avisam sobre novas contratações neste período (Fotos: Henrique Pinheiro)

Com a proximidade das festas de fim de ano surgem vagas de emprego temporárias para suprir o aumento na demanda de vendas. No comércio de Nova Friburgo vários cartazes nas portas das lojas avisam sobre novas contratações neste período. Neste ano, deve ser maior o número de vagas em relação ao ano passado, quando estivemos auge da pandemia. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o avanço na vacinação e o aumento de circulação dos consumidores devem fazer com que o Natal deste ano registre maior oferta de vagas temporárias para o período nos últimos oito anos.

Por isso, a estimativa é que cerca de 94,2 mil trabalhadores temporários sejam contratados até o final do ano. A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) possuem uma estimativa de 105 mil vagas até dezembro nos setores varejista e de serviços. Outro número próximo a esse foi registrado em 2019, período pré-pandemia.

Até o fim deste ano, pelo menos 565 mil vagas temporárias devem ser abertas no Brasil. A estimativa é da Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Assertem) e indica crescimento de 20% em relação às 471.300 vagas criadas no mesmo período de 2020. Segundo a entidade, 60% das contratações temporárias devem ser impulsionadas pela indústria, 25% pelo setor de serviços e 15% pelo comércio.

Um lado bom das vagas temporárias é que raramente elas exigem experiência. Para quem está ingressando no mercado de trabalho, tentar uma vaga temporária é uma boa pedida. Essa opção pode ser o ponta pé para se destacar na carreira, já que os funcionários temporários costumam ser uma espécie de laboratório para as empresas. Se o empregador perceber que o candidato tem potencial, o trabalho temporário pode se transformar em efetivo. 

Por isso, mesmo que o trabalho tenha data para terminar, é preciso ser comprometido com ele, exercendo sua função com empenho. Na hora de avaliar uma possível contratação, muitas empresas levam mais em conta o comportamento de um profissional do que seu conhecimento técnico.

É interessante aproveitar o trabalho temporário para aprender tudo o que puder – tenha experiência profissional ou não. É uma grande oportunidade de fazer algo diferente ou fazer o que já fazia de uma forma melhor e mais atual. 

A VOZ DA SERRA entrou em contato com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Nova Friburgo (CDL) para saber a expectativa de vagas abertas na cidade, mas a CDL ainda está fechando esse número. 

Por que a oferta de vagas temporárias está aumentando

De acordo com a Assertem, o aumento das vagas temporárias é uma consequência da retomada quase total do comércio e dos serviços. Ao mesmo tempo, a entidade ressalta que o dado indica algum receio das empresas em relação à recessão econômica, o que faz com que elas acabem optando por relações de trabalho mais flexíveis.

Como funciona o contrato de trabalho temporário

O trabalho temporário é aquele que tem data de início e término do contrato. Seu período de validade não pode ultrapassar 180 dias – sejam eles consecutivos ou não, mas ele pode ser prorrogado por mais 90 dias. O profissional contratado dessa forma tem os seguintes direitos: remuneração equivalente aos empregados efetivos que exercem a mesma função na empresa; jornada de oito horas, com no máximo duas horas extras por dia, com adicional de 20%; férias proporcionais; repouso semanal remunerado; adicional noturno; indenização por demissão sem justa causa ou antes do término normal do contrato; seguro contra acidente do trabalho; direitos previdenciários. (Com informações dos sites FDR e Vagas)

 

LEIA MAIS

Setor de serviços foi o que teve maior geração de postos de trabalho, segundo o Novo Caged, do Ministério do Trabalho e Previdência

Objetivo é criar cadastro de reserva para contratação de agentes de limpeza pública, trabalhadores braçais, eletricistas e jardineiros

Há oportunidades para pessoas com todos os níveis de escolaridade

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Emprego