Exposição de Cordeiro é reconhecida como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial

Lei sancionada marca o centenário de uma das maiores e mais antigas feiras agropecuárias do Brasil
quarta-feira, 14 de julho de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Exposição de gado na feira de Cordeiro (Divulgação)
Exposição de gado na feira de Cordeiro (Divulgação)

A tradicional Exposição de Cordeiro chega em 2021 ao seu centenário ganhando um presente: o governador Cláudio Castro sancionou a Lei 9.352/2021, declarando o evento como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do estado.

"Eu não poderia ter uma forma melhor de comemorar. Afinal, esta lei vai proporcionar o fomento do turismo local, com a expansão da cultura e do agronegócio e o consequente crescimento da região", disse o autor da proposta, o deputado estadual Felipe Peixoto (PSD).

A Expo Cordeiro acompanhou as mudanças culturais, sociais e econômicas, sem perder a sua grandeza e o seu lugar na história. Aos poucos, ela foi agregando eventos paralelos em um mesmo lugar, como a Expo Moda, o Concurso da Rainha, a Expo Arte, a Tenda Literária, a Expo Artesanato e a Tenda Cultural, atraindo gente de todas as partes do Brasil, com um público de dez mil visitantes por dia. E foi, assim, se reinventando e expandindo as suas atividades, que a exposição se tornou não só o maior ponto de atração turística e econômica da cidade como a maior feira deste importante segmento em nosso estado. Tanto que em 2016 garantiu ao município o título de “Cidade Exposição”, em projeto de lei sancionado pelo então governador Francisco Dornelles.

Mas o evento não parou por aí, e atingiu o seu objetivo inicial. Inaugurada em 4 de maio de 1921 pelo presidente da República Epitácio Pessoa, no Parque Raul Veiga da então Vila de Cordeiro e já como projeto especial para promover o crescimento pecuário no interior do estado e em todo o país, a Expo Cordeiro se consolidou como uma das maiores e mais antigas festas agropecuárias do Brasil. Em 30 de maio de 1943, pouco depois de duas décadas da criação da feira, o presidente Getúlio Vargas e o interventor federal no estado, Amaral Peixoto, inauguraram a segunda versão da exposição, selando um pacto com o povo de Cordeiro que assegurou a emancipação do município em 31 de dezembro daquele mesmo ano.

Por conta da pandemia da Covid-19, a Expo Cordeiro ainda não acontecerá este ano. Mas, com a vacinação em massa, a esperança é que em 2022 o evento seja retomado com toda a força. "Até lá, sigamos com as lembranças sensacionais dos muitos momentos especiais garantidos por um ambiente familiar e profissional, vividos por quem, como eu, teve o privilégio de participar de muitas edições deste evento diferenciado, que permitiu a Cordeiro ser conhecido em todo o país. Muito bom poder abrir com chave de ouro o centenário desta importante exposição, agora Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial", disse Felipe Peixoto.

LEIA MAIS

Evento contou com bandas de rock, feiras de antiguidades e de miniaturas e barracas de cerveja artesanal e de comidas

Prefeitura diz que economizará contratando de uma só vez, por um ano, empresas aptas a fornecer até trio elétrico, telão e iluminação cênica, caso preciso

Evento de confraternização entre funcionários é considerado extensão da empresa e profissionalismo deve ser mantido

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: evento