Estado agora conta com central telefônica gratuita para coronavírus

Serviço, pelo número 160, funcionará 24 horas, para evitar que pacientes com sintomas busquem unidades de saúde sem necessidade
terça-feira, 24 de março de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Estado agora conta com central telefônica gratuita para coronavírus

O governo do Estado do Rio  lançou na segunda-feira, 23, o serviço de central telefônica para atendimento sobre a Covid-19. Pelo número 160, a população poderá tirar dúvidas sobre sintomas e quando é o momento certo de buscar uma unidade de saúde.

“Estamos tomando uma série de medidas e agindo de forma rápida para evitar a propagação do vírus no nosso estado. O teleatendimento faz parte desse plano de contingenciamento. É um serviço essencial para que a população fluminense possa ter acesso a informações seguras sobre o que é o novo coronavírus, as formas de prevenção e o que é preciso fazer em caso de sintomas”, afirma o governador Wilson Witzel.

O serviço terá capacidade de realizar até 30 mil atendimentos, funcionando 24h por dia. O objetivo é evitar que pacientes sem sinais de contaminação ou sem sintomas graves saiam de casa, se expondo ao vírus e lotando as unidades de saúde. Ao todo, o Sistema de Teleatendimento do Estado para Orientações sobre Coronavírus contará com 50 postos de atendimento, podendo dobrar a capacidade de acordo com a demanda. Além desses, está prevista a abertura de mais 54 postos em outras localidades.

Para o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, o projeto é de grande importância para contenção dos casos do coronavírus no Estado do Rio de Janeiro: “A central é importantíssima nesse momento e servirá para esclarecer dúvidas dos profissionais de saúde e indicar quais pacientes devem procurar atendimento, de preferência em unidades próximas às suas residências, reduzindo deslocamentos. É preciso deixar a unidade de saúde para os casos que realmente necessitem. Além disso, a central funcionará ainda como mais um canal de combate às fake news”, explica.

“Há muitos anos, o Serviço 190 passou a fazer parte da segurança pública como uma ferramenta fundamental para atender demandas e orientar os cidadãos. Essa experiência de sucesso agora é aplicada na área de saúde com a criação da central 160. Além do policiamento preventivo e ostensivo nas ruas e da participação nas barreiras sanitárias e nas rondas educativas, a Polícia Militar presta mais esse relevante serviço à sociedade do nosso estado em parceria com a Secretaria de Saúde e as demais instituições do governo”, explica o secretário de Estado de Polícia Militar, comandante geral Rogério Figueredo de Lacerda.

A central conta com a parceria do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado (Proderj), da Polícia Militar e do Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE). Além deste canal, a população também pode esclarecer dúvidas nos sites oficiais da Secretaria Estadual de Saúde: www.coronavirus.rj.gov.br e www.saude.rj.gov.br.

 

LEIA MAIS

No atual contexto do crescimento de infecções pelo novo coronavírus, o restabelecimento de pacientes e a melhora da qualidade de vida

Entidade também solicita que atividade seja considerada serviço essencial, para hospedagem de médicos, enfermeiros e idosos que necessitam de isolamento

Documento a ser entregue a Renato Bravo pretende servir de diálogo para a retomada econômica respeitando a saúde pública

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra