Doze são detidos pela PM em rave clandestina no Alto do Caledônia

Organizador do evento poderá ser indiciado por venda de medicamentos controlados de forma ilegal, além de infração de medidas sanitárias e tráfico de drogas
sábado, 05 de dezembro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Doze são detidos pela PM em rave clandestina no Alto do Caledônia

Doze pessoas, sendo nove homens e três mulheres, foram conduzidas à 151ª DP pela Polícia Militar com maconha, drogas sintéticas, lança perfume e até medicamentos controlados. A ação ocorreu após uma denúncia anônima informando sobre a realização de uma festa rave em um sítio na estrada do Pico do Caledônia, no Alto do Cascatinha.

O grupo formado por nove homens - de 52, 27, 56, 58, 28, 28, 27, 34, e 52 anos - e três mulheres de 41, 57, 27 anos – portava, ao todo, uma pequena quantidade de maconha, 86 unidades de droga sintética, 83 unidades de ecstasy, dois vidros de gás comprimido, duas unidades de ketamina e um vidro de lança-perfume.

Segundo informações passadas pela seção de comunicação do 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM), a denúncia informava que no evento também havia a comercialização de drogas. Ainda de acordo com a PM, o proprietário do imóvel afirmou se tratar de uma festa de aniversário, no entanto, os frequentadores confirmaram aos agentes ser uma festa paga, inclusive com bilheteria e ingressos custando R$ 400. 

Após a abordagem a alguns dos participantes do evento, foram apreendidos os materiais acima citados e os 12 detidos foram conduzidos à 151ª DP. Todos foram ouvidos e liberados até que a análise dos materiais seja concluída.

De acordo com a 151ª DP, o organizador do evento poderá ser indiciado por venda de medicamentos controlados de forma ilegal, além de infração de medidas sanitárias e tráfico de drogas.

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: