Defensoria Pública constata falta de medicamentos e sabão no Raul Sertã

Secretaria de Saúde informou que já fez as compras e aguarda entregas
sexta-feira, 26 de junho de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Foto: Henrique Pinheiro
Foto: Henrique Pinheiro

Membros da Defensoria Pública estadual em Nova Friburgo fizeram uma vistoria nesta sexta-feira, 26, no Hospital Municipal Raul Sertã e não gostaram do que viram.

A equipe constatou que itens básicos, como medicamentos utilizados no processo de intubação de pacientes e até mesmo sabão e papel toalha, indispensáveis nestes tempos de pandemia, estavam em falta.  

A Secretaria Municipal de Saúde, esclarece que tanto o sabão, como o papel toalha já foram objetos recentemente de compras emergenciais com pagamento já feito à fornecedora no último dia 18 e entrega prevista no início da próxima semana.

A prefeitura também informou que com relação aos medicamentos para intubação, os mesmos já foram adquiridos através de licitação e está aguardando a entrega.

A Secretaria esclarece ainda que devido a pandemia e a grande demanda por esses itens, a pronta entrega pelos fornecedores está dificultada.

A pasta reforçou também que o hospital, no entanto, não está desabastecido desse itens para o atendimento a pacientes com a Covid-19.  

Na inspeção, a Defensoria também questionou qual o total real de leitos exclusivos para Covid no hospital municipal.

A Secretaria de Saúde respondeu que possui dez leitos de UTI e outros oito semi intensivos que não são lançados nos boletins diários que mostram o status da pandemia no município, por isso é que nestes boletins não constam o total de 18 leitos de UTI para pacientes com Covid no HRS. 

LEIA MAIS

Restrições ficam ainda mais brandas, possibilitando o funcionamento de diversos setores em horário estendido

Prefeitura não divulga dados que embasaram a aferição da bandeira da próxima semana

Quase 200 CNPJs de Friburgo, Teresópolis, Petrópolis e Cabo Frio foram consultados; 69% ainda não enxergam volta à normalidade

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra