De olho na Copa SP: Frizão Sub-20 vai disputar sequência do Carioca

Siqueira fala sobre esforço dos jovens jogadores e mira na classificação do clube
terça-feira, 01 de setembro de 2020
por Vinicius Gastin
O gerente de futebol Siqueira
O gerente de futebol Siqueira

Agora é oficial: o Friburguense vai disputar a sequência do Campeonato Carioca Sub-20. O clube, assim como todos os outros e demais pessoas e instituições, sofreu com os efeitos da pandemia e todas as consequências que o momento delicado tem trazido. No entanto, a direção de futebol do tricolor fez as devidas avaliações, contou com algumas colaborações, montou todo o planejamento e decidiu investir na garotada. A preparação para o duelo contra o América no próximo dia 9, em Nova Friburgo, já começou.

"Nós tínhamos a facilidade de desistir, de participar da competição, já que Nova Friburgo ainda não tem no seu protocolo a liberação do esporte coletivo. Mas no decreto consta a permissão no caso de um esporte coletivo federado em entidades profissionais, em que o clube estivesse participando. É onde o Friburguense se encaixa", explica o gerente de futebol José Siqueira, o Siqueirinha.

Dentre os fatores que pesaram na decisão de seguir no Estadual está a possibilidade de classificação para a Copa São Paulo de Futebol Júnior, a principal competição da categoria no Brasil. Para tanto, o Friburguense terá que ser um dos três melhores clubes de menor investimento na competição. "Optamos pela participação porque o campeonato Sub-20 começou a abrir portas novamente para a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Então, além dos quatro grandes, há vaga para os três melhores pequenos classificados. É uma oportunidade para mostrar os nossos talentos, abrir mercado e para esses jogadores serem vistos", acredita Siqueira.

Comissão profissional

É uma tradição do Friburguense olhar com carinho para as divisões de base. Os últimos plantéis profissionais montados pelo Tricolor foram repletos de jogadores formados no clube, e dando sequência a essa filosofia, o Frizão apostará novamente em um trabalho profissional na categoria Sub-20. Prova disso é a manutenção de praticamente toda a comissão técnica do profissional na categoria, tendo o ex-jogador Sérgio Gomes à frente como treinador.

"Iniciamos o trabalho com o Sérgio Gomes e a Paulinha (Ana Paula Siqueira, preparadora), juntamente com o Zé Romário treinando os goleiros. Cadão é o treinador do profissional e dirigiu o time na primeira rodada contra o Flamengo. Na época estávamos muito focados em permanecer na Seletiva, e depois da vitória contra o Americano, tivemos a possibilidade de mantê-lo num primeiro momento. Mas a ideia já era trabalhar com o Sérgio nessa categoria. O Gerson Andreotti e o Felizardo (preparador) são dois profissionais que se colocaram à disposição para fazer parte do grupo de 35 pessoas, já testadas. Existe então a possibilidade de trazê-los para fecharmos essa comissão técnica", detalha Siqueira.

Como não poderia ser diferente, o Friburguense retornou com todos os cuidados necessários para proteger atletas e demais profissionais envolvidos no trabalho dos riscos de contaminação pela Covid-19. Em parceria com a Associação Comercial e Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (Acianf) e com o apoio dos pais dos atletas, o clube conseguiu realizar a primeira bateria de testes para a retomada do trabalho. O Tricolor registrou cinco casos positivos inicialmente, mas todos assintomáticos e já recuperados, trabalhando normalmente.

 "Tivemos todos esses resultados para o dia da apresentação negativos. Depois verificamos os resultados do laboratório, onde cinco pessoas, dentre os 35 testados deram positivo. Imediatamente fizemos as demais testagens para a contraprova, e todos testaram positivo apenas para o IGG, o que é bom para os atletas. Eles já tinham pego e nem tiveram sintomas, podendo treinar normalmente. Até por isso nem sabiam que tiveram a Covid", explica o gerente de futebol.

A competição

O Campeonato Estadual de Futebol da Série A Sub-20 conta com 16 clubes, divididos em dois grupos: o A reúne Botafogo, Flamengo, Bangu, Cabofriense, Boavista, Americano, Macaé e América, enquanto o B terá, além do Friburguense, Fluminense, Vasco, Volta Redonda, Resende, Madureira, Nova Iguaçu e Portuguesa.

De acordo com o regulamento, a competição é disputada em até três fases: Taça Guanabara, Taça Rio e turno final, em caso de campeões distintos dos turnos. No primeiro turno, as equipes de um grupo enfrentam as de outro, pontuando dentro da própria chave. Já na Taça Rio, os times jogam dentro do próprio, em ambas as fases, os quatro melhores de cada lado avançam para as quartas de final.

"Quando atingimos a Seletiva, a gente voltou a base para a primeira divisão de forma definitiva. E é legal a gente falar isso, porque com a permanência na Seletiva, nós já garantimos os garotos na primeira divisão também no ano que vem. Ou seja, conseguiremos criar um projeto de no mínimo dois anos. A gente joga este ano, e também está certo para 2021", explica Siqueira.

Tabela do Frizão Sub-20 - Taça Guanabara

Flamengo 4 x 2 Friburguense, CT Saferj

Quarta-feira, 9 - 15h - Friburguense x América, Eduardo Guinle

Sábado, 12 - 15h - Macaé Esporte x Friburguense, local a definir

Quarta-feira, 16  - 15h - Friburguense x Botafogo, Eduardo Guinle

Sábado, 19 - 15h - Americano x Friburguense, CT Americano

Quarta-feira, 23 - 15h - Friburguense x Bangu, Eduardo Guinle

Sábado, 26 - 15h - Cabofriense x Friburguense, Correão

Quarta-feira, 30 - 15h - Friburguense x Boavista, Eduardo Guinle 

  • Taça Rio (Datas a definir):

Friburguense x Madureira, Eduardo Guinle

Resende x Friburguense, Trabalhador

Portuguesa x Friburguense, Luso Brasileiro

Friburguense x Nova Iguaçu, Eduardo Guinle

Vasco da Gama x Friburguense, CT Artsul

Friburguense x Volta Redonda, Eduardo Guinle

Fluminense x Friburguense, Vale das Laranjeiras

 

LEIA MAIS

Segunda rodada da Taça Rio, contra time de Resende, termina mal para o Tricolor da Serra

Já a Série B1 conhece os semifinalistas da Taça Santos Dumont

Já no profissional, rodada deste fim de semana vai apontar semifinalistas na Série B1

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol