Com novo patrocinador, Frizão reforça grupo e se prepara para a Série A2

Dentre as principais novidades está o acerto com o novo patrocinador master
terça-feira, 25 de maio de 2021
por Vinicius Gastin
Friburguense e Unimed voltam a fazer parceria após quase três décadas
Friburguense e Unimed voltam a fazer parceria após quase três décadas

O desafio será dos maiores, mas o Friburguense está se preparando para enfrentá-lo. A começar pelas consequências da pandemia, a queda das receitas e todo o contexto já conhecido pelo torcedor. Adversários com poder de investimento mais alto vão pintar pelo caminho. Contudo, o abraço de pessoas e de algumas empresas de Nova Friburgo fortalece o Tricolor da Serra, que aos poucos, monta a estrutura e o plantel para a disputa do Campeonato Carioca da Série A2.

Dentre as principais novidades está o acerto com o novo patrocinador master. A Unimed Nova Friburgo vai estampar a sua marca na camisa do Frizão, reativando uma parceira que já existiu durante a temporada de 1993. O contrato prevê um acordo inicial de seis meses, com valores não divulgados, mas que serão fundamentais para a realização do trabalho. A empresa Tutti-Fruti também vai manter a parceira e expor a marca nos calções dos jogadores.

Outra novidade será a transmissão dos jogos pela TV Alerj. A VOZ DA SERRA irá detalhar essa novidade em uma das edições desta semana. Uma reunião nesta terça-feira, 25, vai detalhar aos clubes sobre como será a utilização das placas de patrocínio, e muito provavelmente o Friburguense terá mais alguns espaços para buscar recursos extras. Também neste encontro será definido o Campeonato Carioca Sub-20 da Série A2.

“Estamos contando com o apoio de uma série de amigos, após observarmos que a alternativa de licença não seria interessante, por rebaixar o clube duas vezes. Estamos buscando o nosso caminho, e sabemos que Americano, América, Sampaio Corrêa e Artsul terão investimentos maiores que o nosso, mas há uma boa possibilidade de conseguirmos aquilo que fizemos em 2019”, avalia o gerente de futebol José Siqueira, o Siqueirinha.

Time ganha corpo

Depois do início dos treinamentos com um plantel formado essencialmente por jovens atletas, o Friburguense começa a encorpar o grupo com jogadores mais experientes. O goleiro Afonso, por exemplo, está mantido, e Jonas, ex-Resende, chega para brigar pela posição. Para a lateral direita, o friburguense Murillo (campeão da Série B1 em 2019, revelação do clube) retorna, bem como Rodriguinho, titular durante o grupo X. Além deles, Igor Gomes, filho do ídolo Sérgio Gomes, também compõe o elenco.

Para a zaga, o Frizão continua no mercado em busca de dois nomes. Bruno Leal, Jhonatan e Cris – estes últimos jovens – são as opções no momento. Na lateral esquerda, o experiente Flavinho segue, bem como Ricardinho, que tem atuado mais como meia. O jovem Neto, que fez base no Fluminense e atuou pelo Fluminense, também está em Nova Friburgo. Outro que retorna é o volante Damião, enquanto Lucas e Emerson, da mesma posição, são observados pela comissão técnica. Luiz Felipe, destaque na Seletiva deste ano, recebeu proposta superior financeiramente e não irá retornar. Por isso, mais um jogador para a posição será contratado.

No meio-campo, Wellington, Ricardinho estão mantidos, e a principal novidade é Léo Assis. Após iniciar no São Paulo, passou pela base do Red Bull e Mogi Mirim. Os jovens Gustavinho, Daniel e Barroso também são alternativas, mas o clube ainda espera pela resposta de Gleison e deve buscar mais um nome. Jorge Luiz continua se recuperando da grave lesão e não tem previsão de retorno.

No ataque, os pontas Jhonatan, Lucas Sales e Thai estão mantidos, e o jovem Alan chega para completar as opções. Por dentro, o centroavante Léo, titular na reta final da Seletiva, João e Camilo (ex-Pérolas Negras) ficam à disposição de Cadão. O clube também realiza um trabalho especial com o jovem Luis Felippe, revelação tricolor com passagens pelo Grêmio, e ele deve ser mais uma alternativa para o ataque. Após cinco anos longe do profissionalismo, tem se empenhado nos treinamentos para retomar a carreira.

A Série A2

A série A2 será disputada por 12 clubes, divididos em duas chaves com seis cada. Os clubes jogam dentro dos seus grupos no primeiro turno, e os dois primeiros de cada grupo avançam para uma eliminatória. O campeão tem vaga nas semifinais do torneio. No segundo turno, os times enfrentam clubes do outro grupo, novamente classificando os dois primeiros de cada chave para a fase seguinte. O campeão do segundo turno se junta ao campeão do primeiro e aos dois clubes de melhor campanha no geral, para disputarem as semifinais. Os vencedores dos confrontos se enfrentam na final.

O Tricolor da Serra está no Grupo A, ao lado de Cabofriense, Duque de Caxias, Gonçalense, Artsul e Americano. No Grupo B estão América, Macaé, Sampaio Corrêa, Audax, Maricá e Angra dos Reis. A Série A2 terá as taças Santos Dumont e Corcovado, sendo que no primeiro turno as equipes da mesma chave se enfrentam. Os dois melhores de cada lado avançam para as semifinais.A primeira rodada ocorre no dia 5 de junho, quando o Friburguense viaja para encarar a Cabofriense, no Correão.

Tabela do Frizão

Taça Santos Dumont

05/jun - Sáb - 15h - Cabofriense x Friburguense, Correão

12/jun - Sáb - 15h - Friburguense x Gonçalense, Eduardo Guinle

16/jun - Qua - 15h - Americano x Friburguense, Antônio Medeiros

19/jun - Sáb - 15h - Friburguense x Duque de Caxias, Eduardo Guinle

26/jun - Sáb 15h - Friburguense x Artsul, Eduardo Guinle

Taça Corcovado

17/jul - Sáb - 15h - Friburguense x Angra dos Reis, Eduardo Guinle

21/jul - Qua - 15h - América x Friburguense, Giulite Coutinho

24/jul - Sáb - 15h - Friburguense x Macaé, Eduardo Guinle

28/jul - Qua - 15h - Sampaio Corrêa x Friburguense, Lourival Gomes

31/jul - Sáb - 15h - Friburguense x Audax, Eduardo Guinle

07/ago - Sáb - 15h - Maricá x Friburguense, Alzirão

Rodada de abertura da Taça Santos Dumont

Cabofriense x Friburguense

Duque de Caxias x Americano

América x Angra dos Reis

Macaé x Maricá

Sampaio Corrêa x Audax

Gonçalense x Artsul

 

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: