Boletins curtos demais deixam friburguenses sem informações e desconfiados

Prefeitura não fornece detalhes dos casos em investigação e população continua circulando pelas ruas. Veja o vídeo
quarta-feira, 01 de abril de 2020
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)

Boletins concisos demais, sem explicações nem detalhes, e algumas vezes confusos, vêm deixando os moradores de Nova Friburgo sem informações e descrentes dos dados oficiais divulgados pela prefeitura sobre os casos de coronavírus na cidade. Muitos deles demonstraram desconfiança em comentários nas redes sociais de A VOZ DA SERRA. Veja, no vídeo que acompanha esta reportagem, o comportamento dos friburguenses nestes dias de quarentena forçada. Muitos continuam circulando pelas ruas.

(Veja na galeria abaixo cada um dos boletins divulgados até agora)

O último boletim, por exemplo, divulgado na noite desta segunda-feira, 30, separa pacientes em isolamento domiciliar de internados. Já o boletim anterior, de sexta, destaca casos “em análise” e de internados, sem esclarecer que já estavam somados. Nenhum desses dois boletins informa o número de notificações, que foi destacado na quarta passada. 

Outro exemplo: o boletim divulgado no último dia 20 incluía entre casos suspeitos nove que haviam sido descartados, elevando indevidamente o número final. Alertada por A VOZ DA SERRA, a prefeitura corrigiu os dados.

Imprecisões à parte, pelos dados oficiais, o fato é que Nova Friburgo tem hoje pelo menos dois casos testados positivos em exames preliminares, faltando contraprova para serem confirmados como Covid-19. A contraprova é realizada pelo Noel Nutels (Lacen), o laboratório da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio.

A prefeitura não forneceu detalhes sobre os casos, como faixas etárias, quadros de saúde e bairros. Na última sexta, 27, o hospital particular Unimed divulgou, por iniciativa própria, o primeiro resultado positivo para Covid-19, de um paciente filiado ao plano. Em nota assinada pelo médico José Manes, diretor-presidente da Unimed de Nova Friburgo, o hospital informou que o paciente estava em quarentena domiciliar, sem necessidade de internação. O teste foi realizado em laboratório particular, segundo a Unimed, e aguardava contraprova.

A prefeitura não informou, no entanto, se este paciente da rede privada está entre os dois casos oficiais que aguardam confirmação.

Informações extraoficiais dão conta de que a Unimed já teria quatro casos testados positivos, aguardando contraprova, sete internados e 15 ainda em análise. Sete foram descartados. A prefeitura não se pronunciou sobre esses dados, por não serem definitivos.

Segundo uma fonte ouvida por A VOZ DA SERRA, dois desses casos testados positivos teriam dado negativo na contraprova. 

De acordo com o boletim desta segunda-feira, o número de casos suspeitos agora são 40 (na sexta eram 39). Estão em isolamento domiciliar 32, entre eles os dois que aguardam a contraprova. Na sexta eram 29 pacientes sintomáticos em casa. Ainda de acordo com o boletim, agora há oito internados com suspeitas (na sexta eram dez nesta situação). Como 34 foram descartados, o total de notificações subiu de 65 para 74 de sexta para segunda.

A coluna do Massimo tem mais informações sobre o assunto.

LEIA MAIS

No atual contexto do crescimento de infecções pelo novo coronavírus, o restabelecimento de pacientes e a melhora da qualidade de vida

Entidade também solicita que atividade seja considerada serviço essencial, para hospedagem de médicos, enfermeiros e idosos que necessitam de isolamento

Documento a ser entregue a Renato Bravo pretende servir de diálogo para a retomada econômica respeitando a saúde pública

  • Primeiro boletim oficial: detalhamento de casos suspeitos

    Primeiro boletim oficial: detalhamento de casos suspeitos

  • Segundo boletim: também com detalhes

    Segundo boletim: também com detalhes

  • Terceiro boletim: informação corrigida

    Terceiro boletim: informação corrigida

  • Quarto boletim: detalhado

    Quarto boletim: detalhado

  • Quinto boletim: destaque para total de casos notificados

    Quinto boletim: destaque para total de casos notificados

  • Sexto boletim: destaque para casos

    Sexto boletim: destaque para casos "em análise", sem explicar que os "internados" estavam incluídos

  • Sétimo boletim: destaque para

    Sétimo boletim: destaque para "isolamento domiciliar"

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra