AgeRio alcança R$ 300 milhões em volume de contratações este ano

Linhas de crédito apoiam 7.785 negócios do Estado do Rio
segunda-feira, 20 de junho de 2022
por Jornal A Voz da Serra
Foto: Freepik
Foto: Freepik

           O incentivo à economia fluminense registrou mais um importante resultado no primeiro semestre deste ano. A AgeRio, Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro, alcançou até a semana passada o volume de contratação de R$ 300 milhões para 7.785 empresas de todos os segmentos e portes em diversos municípios fluminenses. Os dados também contemplam microempreendedores, autônomos e informais que possuem negócios no Estado do Rio. Os novos números da AgeRio reforçam o comprometimento da instituição em estimular a economia fluminense, gerar emprego e renda.

        Por meio das linhas de crédito da Agência de Fomento, os mais de 7.785 clientes têm a oportunidade de investir nos seus negócios e ampliar as atividades. Além disso, o apoio aos empreendedores que atuam no interior do Estado do Rio assegura o desenvolvimento da economia local. A atuação da AgeRio em todas as regiões reflete a aproximação da agência com o interior, por meio de iniciativas como as parcerias firmadas com prefeituras fluminenses para o Programa de Microcrédito Produtivo Orientado e também dos recentes programas de crédito emergencial do Governo do Estado destinados aos municípios que sofreram com as fortes chuvas do início do ano, como Petrópolis, Laje do Muriaé, Aperibé, Rio Claro e Miracema.

            O presidente da AgeRio, André Vila Verde, ressalta que o expressivo volume de operações, antes mesmo de encerrar o 1º semestre de 2022, tem relação direta com a melhora da capacidade operacional da Agência e de processos internos: “Cada resultado obtido pela Agência é mais uma empresa, mais um empreendedor que consegue incrementar o seu negócio, empregar pessoas e, assim, ajudar a impulsionar a economia fluminense”, observa Vila Verde enfatizando que os programas de crédito emergencial criados pelo Governo do Estado e operacionalizados pela AgeRio foram cruciais para o resultado obtido no período: “Mais uma vez todas as áreas da Agência estruturaram linhas de crédito com agilidade para seguir a orientação do governador Cláudio Castro de apoiar os empreendedores atingidos pelas chuvas dos primeiros meses do ano através da AgeRio”, completou Vila Verde. 

        O gerente de uma loja de vestuário no noroeste fluminense, Donato Furtado Bastos destaca o uso do crédito no seu estabelecimento: “Fiquei muito satisfeito com o empréstimo da AgeRio. Além de ter a minha loja fechada durante vários dias por conta das chuvas, eu fiquei sem condições de pagar os funcionários e já estava me programando para dispensar alguns. O crédito foi muito importante para manter os empregos, pagar algumas dívidas pendentes e investir na loja. Consegui reformar o meu estabelecimento e continuar o meu trabalho”, contou o empresário. 

 

LEIA MAIS

Regulamentação de lei federal promete diminuir a burocracia para abertura e manutenção de empresas

Em Brasília, industriais fluminenses apresentaram propostas de desenvolvimento a três pré-candidatos à presidência da República

Lei foi aprovada pela Alerj e sancionada pelo governador

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: negócios