Victor Dias finaliza Cruz e leva o cinturão do Titan FC

Atleta de Nova Friburgo se destaca cada vez mais em eventos de grande expressão
terça-feira, 30 de março de 2021
por Vinicius Gastin
Victor Dias vence mais uma e fatura o cinturão do Titan FC
Victor Dias vence mais uma e fatura o cinturão do Titan FC

A era Victor Dias no Titan FC teve início de forma avassaladora. Impecável, técnico, sem dar chances ao adversário. O cinturão tem dono e não será fácil tomá-lo do novo detentor. Do friburguense que, aos poucos, vai escrevendo o seu nome na história do MMA internacional. A cada passo, a iminente ascensão de quem pode chegar ainda mais longe no universo das artes marciais.

Victor, literalmente, atropelou Wascar Cruz na noite da última sexta-feira, 26, no InterContinental Miami, na Flórida, nos EUA, e levou o título do peso mosca do Titan FC, evento 68. O lutador de Nova Friburgo aplicou um mata-leão irretocável, e obrigou a batida do adversário na marca de 4:07 do 1º round. O Brasil tem um como novo campeão.

“Estou muito feliz”, disse Dias por meio de um intérprete em sua entrevista pós-luta. “Gostaria de agradecer a todos que estão aqui hoje. Estou muito feliz por estar em um lugar com tantas pessoas bonitas e honestas. Gostaria de dizer que o Titan agora tem um campeão peso mosca e vou lutar muito para mostrar como o Titan é um evento bom”, disse.

A luta

 Victor Dias fez uma das lutas principais do Titan Fighting Championship 68, e de fato não sentiu o peso dessa responsabilidade. Pelo contrário. Tão logo teve início o combate, o friburguense tomou a iniciativa, querendo pressionar o então campeão. Não demorou muito para levar a luta ao chão e se firmar na primeira posição. Ali o especialista em jiu-jítsu estava mais do que à vontade, e apenas esperou que Cruz cometesse um erro.

O rival acabou cedendo na tentativa de escapar da má posição, e foi então que Dias deu as costas e trancou a finalização. Cruz tentou resistir com o antebraço, mas não teve escolha senão desistir. Festa, corrida e abraço na noiva Sanlee Oliveira, que o acompanhava durante o evento nos EUA.

O lutador de Nova Friburgo registrou a sua segunda vitória em três tentativas pela promoção, depois de perder na decisão para Gustavo Balart e se recuperar com uma vitória sobre Cleveland McLean no Titan FC 61.

Victor Dias vinha de vitória pelo evento Wocs, realizado em dezembro na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Na ocasião, Romário Garcia lesionou o joelho, e a luta foi paralisada após uma sequência de golpes. O próprio friburguense pediu atendimento médico ao adversário. Esta foi a quinta participação no evento. Antes da presença no Wocs, Victor havia vencido Cleveland Mclean, pelo evento Titan FC, na Flórida, Estados Unidos, após a disputa de três rounds.

Especialista em jiu-jítsu no início de carreira, “Paçoca”, como Victor Dias é conhecido, trabalha para aperfeiçoar a prática do muay thai e outras modalidades.

O Titan FC

O Titan Fighting Championships foi fundado em 2005 pelo veterano promotor de lutas e, na época, diretor de operações do Bellator Fighting Championships, Joe Kelly. A organização foi originalmente baseada em Kansas City ei sediada no histórico Memorial Hall da cidade, onde a organização realizou a maioria de seus primeiros eventos.

Em 2010, fechou acordo com a rede de televisão a cabo e via satélite HDNet (mais tarde relançada como AXS TV) para transmitir seu próximo evento, Titan FC 16, ao vivo na rede. Em 2014, os funcionários do Titan FC anunciaram que o primeiro programa sob sua nova propriedade, Titan FC 27: Ricci vs. Gurgel, seria agora transmitido ao vivo pela CBS Sports e que a organização havia assinado um contrato de oito eventos com a televisão rede.

Em 15 de junho de 2015, os dirigentes do UFC anunciaram que o Titan assinou um contrato com a organização para transmitir todos os eventos futuros ao vivo, exclusivamente no serviço de streaming digital baseado em assinatura do UFC, o UFC Fight Pass. O Titan Fighting Championships segue as Regras Unificadas de Artes Marciais Mistas, estabelecidas pela primeira vez em abril de 2000.

 

Resultados do Titan FC 68

  • Victor Dias def. Wascar Cruz por finalização (mata-leão)
  • Ryan Kuse def. Damian Attie por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
  • Richie Lewis derrotou Danny Vega por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
  • Jason Eastman venceu Gustavo Villamil por decisão unânime (29-27, 29-28, 29-28)
  • Royberth Echeverria def. Samirbek Sabyrzhan por TKO (socos)
  • Gaston Manzur def. Earnest Walls por finalização (mata-leão)
  • Viecheslav Borshchev def. Corey Dulaney por TKO (submissão aos golpes)
  • David Evans def. Jason Cortez por decisão unânime (29-27, 30-27, 29-27)

 

LEIA MAIS

Em nova categoria, lutador friburguense tenta escalar rumo à disputa do cinturão

Lutador friburguense terá que cumprir descanso e se afastar de treinos por, no mínimo, um mês

Lutador friburguense amarga sequência ruim, é nocauteado, mas deve seguir prestigiado pelo UFC

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: UFC