Semana que vem tem testes de Aids em várias unidades de saúde de Friburgo

Em casos de resultado positivo, o tratamento é integralmente oferecido pelo SUS
quinta-feira, 02 de dezembro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Semana que vem tem testes de Aids em várias unidades de saúde de Friburgo

Na última quarta-feira, 1º, foi celebrado o Dia Mundial de Combate a Aids, e por causa dessa data, este mês é o escolhido para a realização de uma campanha de conscientização para o diagnóstico e tratamento precoce da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids) e de outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). Em Nova Friburgo, um dos destaques da campanha Dezembro Vermelho será a realização de testes gratuitos na próxima quinta-feira, 9, das 9h às 15h, nas unidades do programa Estratégia de Saúde da Família (ESF) de São Pedro da Serra, Olaria (2 e 3I), Riograndina, Campo do Coelho, Conquista, Stucky, Cordoeira, Centenário, São Lourenço e Rio Bonito. 

Além dessa ação especial, a Secretaria Municipal de Saúde promove testes durante todo o ano, através do Programa IST/Aids e Hepatites Virais, no posto de saúde Sylvio Henrique Braune, no Suspiro, nas ESFs Olaria (2 e 3), Riograndina, São Pedro da Serra, Rio Bonito, São Lourenço e Centenário, além dos hospitais  Raul Sertã e Maternidade Mário Dutra de Castro.

O que é a Aids

A Aids pode ser transmitida através do contato de fluídos corporais, por meio de relações sexuais sem preservativo (camisinha), transfusões de sangue ou compartilhamento de seringas e agulhas. O vírus destrói as células brancas do organismo, responsáveis em proteger e combater doenças no corpo humano. Com essa destruição das defesas do organismo, o corpo fica bastante fragilizado e propício a ser atacado por inúmeras doenças, como pneumonias, infecções, herpes e até mesmo alguns tipos de câncer.

A testagem para HIV não deve ser realizada imediatamente após a relação sexual desprotegida porque o corpo demora 30 dias para produzir anticorpos suficientes contra o HIV, capazes de serem detectados pelos testes. Caso os testes sejam realizados dentro desse período, o resultado pode ser negativo (não reagente), mesmo a pessoa tendo sido infectada. Desta forma, é preciso aguardar pelo menos 30 dias (janela imunológica), após a exposição de risco, para a realização do teste rápido.

Em situações de resultado positivo é necessário iniciar o tratamento, que é integralmente oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, a pessoa diagnosticada com HIV ainda precisa adotar medidas de prevenção para evitar a transmissão para outras pessoas. Já em casos de resultado negativo, é importante continuar se prevenindo. A rede pública de saúde oferece camisinha masculina e feminina gratuitamente, além de outras medidas de prevenção. 

 

LEIA MAIS

Local, que vinha apenas servindo quentinhas, tinha normalizado atendimento ao público há uma semana

Friburgo tem hoje total de 12 pacientes intensivos e 43 em enfermarias. Testagem no Suspiro já começa com muitas filas

Pontos na Via Expressa, na UPA e em Lumiar registram longas filas; Suspiro também oferecerá testagem

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: saúde