Prefeito prorroga quarentena por pelo menos mais uma semana

Por novo decreto, indústrias e confecções permanecem fechadas até 10 de abril e a maior parte do comércio, até dia 13
sábado, 04 de abril de 2020
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
Fitas de isolamento em lojas de Friburgo (Foto: Henrique Pinheiro)
Fitas de isolamento em lojas de Friburgo (Foto: Henrique Pinheiro)

Conforme sinalizado pelo prefeito Renato Bravo na “live” promovida em seu perfil no Instagram na última quinta-feira, 2, e noticiado por A VOZ DA SERRA, a Prefeitura de Nova Friburgo prorrogou as medidas de isolamento social no município. De acordo com o decreto 528, publicado no fim da noite desta sexta-feira, 3, no Diário Oficial eletrônico do município, continuam suspensas as atividades das indústrias e confecções até dia 10 de abril, enquanto o comércio seguirá de portas fechadas até o dia 13. A Prefeitura de Nova Friburgo continuará funcionando em horário reduzido, apenas com expediente interno.

Bares, restaurantes também seguem proibidos de fazer atendimento presencial, podendo funcionar apenas por delivery ou retirada no balcão. Clubes, academias, cinemas, teatro, shopping centers e centros comerciais também seguem com as atividades suspensas até  13 de abril, assim como nos estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços.

Por outro lado, passam a ser considerados serviços essenciais as lojas de manutenção de aparelhos e equipamentos de telefonia móvel, e as oficinas e manutenção de bicicletas, que podem retomar o funcionamento.

Para justificar as medidas de prevenção, controle, redução e enfrentamento ao novo coronavírus, o prefeito Renato Bravo levou em consideração o primeiro caso confirmado de Covid-19 no município, os 18 pacientes internados e outros 35 em isolamento domiciliar suspeitos de terem contraído a doença, além dos dois óbitos suspeitos na cidade, que ainda aguardam o resultado de exames.

População apoia medidas

A Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (Acianf) realizou recentemente uma pesquisa entre seus associados, diretores e conselheiros, com o objetivo principal de identificar o posicionamento sobre o cenário atual. A pesquisa obteve um total de 1.395 respostas, contato com a participação de empresários, profissionais liberais, autônomos e também outros colaboradores.

O formulário, com 15 perguntas, realizado pela ferramenta Google Forms, foi enviado por e-mail e mensagens de WhatsApp. O período em que o questionário ficou disponível para respostas foi de 30 de março (última segunda-feira) até a última quinta, 2.

A Acianf destaca como pontos principais levantados pela pesquisa: o resultado sobre o retorno das atividades comerciais, industriais e de prestação de serviços, onde pode-se notar que 50,5% dos entrevistados são favoráveis à possibilidade de se estender o período de isolamento social e 296 pessoas (21,2%) concordam com o retorno imediato das atividades.

Fórum Sindical também é favorável

Confirma também já noticiado por A VOZ DA SERRA, O Fórum Sindical e Popular de Nova Friburgo, que reúne 11 sindicatos de diversos setores do município, divulgou uma nota na última quinta-feira, 2, defendendo as medidas de isolamento impostas pelos governos estadual e municipal como medida necessária para reduzir danos e diminuir o número de mortes decorrentes da pandemia da Covid-19 e reivindica a renovação da quarentena. “Não há respaldo científico para sustentar a opção de relaxamento do isolamento social. (...) O lucro não pode estar acima da vida”, diz trecho da carta assinada por 11 sindicatos.

 

LEIA MAIS

Setores administrativos estão autorizados a abrir a partir desta quinta para organizar reabertura parcial; comércio ainda em estudo

Há ainda 44 casos aguardando confirmação, assim como 3 óbitos. Município já tem, em média, um contaminado por km2

A partir de agora são consideradas apenas mortes confirmadas, e não suspeitas, o que dá diferença de mais de mil

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra