Pedágio na RJ-116 sobe para R$ 8,20 a partir desta segunda

Reajuste é anual e ordinário e faz parte do contrato de concessão estabelecido entre o Estado e a concessionária
quinta-feira, 28 de julho de 2022
por Jornal A Voz da Serra
Arquivo AVS
Arquivo AVS

O pedágio na rodovia RJ-116 terá reajuste a partir da próxima segunda-feira, 1º de agosto. O valor da tarifa básica para carros vai passar de R$ 7 para R$ 8,20 (aumento de 17%). A concessionária Rota 116, que administra o trecho privatizado enre Itaboraí e Macuco, ainda não divulgou os novos valores do pedágio para os demais veículos, mas a tarifa atual para caminhões e ônibus de até dois eixos é de R$ 14. Veículos de três a seis eixos o valor é de R$ 28 e acima de seis eixos é cobrada a tarifa básica multiplicada pelo número de eixos do veículo.

O último reajuste foi realizado em agosto de 2021, a tarifa do pedágio para carros passou de R$ 6,30 para R$ 7. As motos são isentas da cobrança. 

A rodovia tem quatro praças de pedágio, localizadas nos quilômetros 1,9 em Itaboraí; 48,8 em Cachoeiras de Macacu; 90,4 em Nova Friburgo e 122,3 em Cordeiro, com cobrança em ambos os sentidos.

O reajuste é anual e ordinário e faz parte do contrato de concessão estabelecido entre o Governo do Estado do Rio de Janeiro e a concessionária Rota 116, servindo para a continuidade das obras e serviços ao longo dos 140 quilômetros de concessão.

 

LEIA MAIS

Sub da Smomu fica responsável também pela Guarda Civil Municipal e pelo Departamento de Posturas

Presente ao encontro, presidente do DER-RJ se compromete a dar prosseguimento aos estudos dos traçados

Projeto foi ressuscitado em encontro na Acianf no último dia 15, entre o presidente da Comissão de Obras da Alerj e empresários friburguenses

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Trânsito