Obra em Amparo termina após 18 meses de espera

Após temporal em dezembro de 2019 parte de rua no Loteamento Tiradentes cedeu e outra ficou ameaçada de cair
sexta-feira, 25 de junho de 2021
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
A obra finalmente concluída
A obra finalmente concluída

 

Esta semana, após 18 meses de espera, as obras do muro de contenção da Rua Jerônimo de Castro e Souza, no loteamento Tiradentes, no distrito de Amparo, foram finalizadas pela prefeitura. Em dezembro de 2019, após uma forte chuva, parte da rua cedeu e outra ficou ameaçada de cair. O serviço de transporte foi interrompido na região, sendo necessário um micro-ônibus para realizar a baldeação de passageiros - após meses de reivindicação dos moradores.

No início deste ano o Ministério do Desenvolvimento Regional, liberou R$ 416.125,91 para a construção de um muro do tipo gabião e uma cortina atirantada, com extensão aproximada de 20 metros, para conter a encosta na rua. Além da conclusão das obras, na semana passada a circulação dos ônibus que ligam o loteamento ao centro de Nova Friburgo foi retomada, após 534 dias de espera. 

“Os moradores jamais perderam a esperança de que esse problema seria resolvido, apesar da longa espera. Também aprendemos sobre a importância das nossas vozes serem ouvidas”, comemorou Evandro Rocha, um dos membros do Coletivo Vozes do Tiradentes. Para este sábado, 26, segundo Evandro, está programado um ato público que irá celebrar a união e a determinação dos moradores.

 

LEIA MAIS

Projeto foi ressuscitado em encontro na Acianf no último dia 15, entre o presidente da Comissão de Obras da Alerj e empresários friburguenses

Vias de acesso à unidade devem passar por obras de adequação

Apesar da reforma do equipamento ter sido licitada em junho de 2021, a prefeitura terá que começar o projeto de restauração do zero

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: obra