Novas mudanças por causa de obra deixam trânsito confuso em Olaria

Alameda Barão de Nova Friburgo passa a ter mão invertida; aviso foi dado, por rede social, 9h antes
quinta-feira, 28 de julho de 2022
por Jornal A Voz da Serra
A placa da obra (Arquivo AVS)
A placa da obra (Arquivo AVS)

Em mais um aviso de última hora, novas mudanças  no trânsito em Olaria  provocaram engarrafamentos durante toda a manhã desta quinta-feira, 28, em decorrência das obras de drenagem da Rua Minas Gerais.

A partir das 5h30, a Alameda Barão de Nova Friburgo passou a ter a mão invertida. Os motoristas em direção ao Centro devem agora acessar a via até a altura do posto de gasolina, onde retornam à Avenida Conselheiro Julius Arp. Quem estiver no sentido Olaria deve continuar acessando a Rua Jardel Hottz, contornado o Estádio Eduardo Guinle,  do Friburguense.

O aviso foi divulgado pela prefeitura somente às 20h desta quarta, em rede social, nove horas antes do início da inversão de mão pela  Secretaria Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana (Smomu).

Executadas pelo governo do estado, as obras de drenagem pluvial e pavimentação da Rua Minas Gerais e de parte da Avenida Julius Arp e da Alameda Walter Vogt, no bairro Bela Vista,começaram no início deste mês e  podem se estender até janeiro de 2023. Desde o dia 4, o acesso aos bairros de Olaria, Cônego, Cascatinha e todos os sub-bairros adjacentes (Vargem Grande) passou a ser  desviado  pela Rua Jardel Hottz a partir da ponte de acesso ao Parque São Clemente/Vale dos Pinheiros.

Assim agora, a  interdição foi divulgada pela prefeitura às vésperas do início das intervenções. 

 

LEIA MAIS

Sub da Smomu fica responsável também pela Guarda Civil Municipal e pelo Departamento de Posturas

Presente ao encontro, presidente do DER-RJ se compromete a dar prosseguimento aos estudos dos traçados

Projeto foi ressuscitado em encontro na Acianf no último dia 15, entre o presidente da Comissão de Obras da Alerj e empresários friburguenses

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: obra | Trânsito