Nos 30 anos do ECA é lançada campanha de mobilização digital

Projeto Crescer sem Violência celebra data com história em quadrinhos on-line, série de depoimentos e animação sobre a rede de proteção à infância e adolescência
sábado, 11 de julho de 2020
por Jornal A Voz da Serra
(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Nesta segunda-feira, 13, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completa 30 anos e a ocasião será celebrada com uma campanha sobre direitos da infância e da juventude lançada pelo projeto Crescer sem Violência, uma parceria entre a Fundação Roberto Marinho, por meio do Canal Futura, Childhood Brasil e a Unicef. A campanha destaca a importância do ECA para os Direitos Humanos no Brasil e como o documento inspirou a regulação de proteção às crianças e aos adolescentes em vários países.

A iniciativa contará com mobilização digital, série de vídeos, história em quadrinhos e uma peça inédita de animação sobre o tema com os personagens da série audiovisual “Que corpo é esse?”, parte do Crescer sem Violência.

Pela primeira vez, o projeto vai adaptar seus conteúdos de forma a atender aos refugiados no Brasil: em parceria com a Plataforma R4V - página brasileira desenvolvida pela ONU e pala sociedade civil que traz a público os dados mais recentes sobre o fluxo de venezuelanos no país - a peça de animação e a história em quadrinhos comemorativa dos 30 anos do ECA terão versão em português e em espanhol, mostrando de forma lúdica a rede de proteção à infância e à adolescência. Com versão para distribuição digital e impressa, a revista em quadrinhos poderá ser acompanhada também em tirinhas no Instagram, no perfil dos parceiros do projeto. 

Já a série de vídeos “O ECA também é você”, veiculado no canal por assinatura Futura e nas redes sociais das instituições parceiras, vai destacar em depoimentos reais o impacto do ECA na atuação de profissionais em diferentes segmentos, desde médicos até agentes de segurança pública, passando por psicólogos e professores. Todos os conteúdos estarão disponíveis no site www.crescersemviolencia.org.br.

Mais programação

A data também será lembrada com uma edição especial do programa “Debate” e no “Minuto Futura”, no Canal Futura, na próxima terça-feira, 14. O Debate analisa as principais conquistas e desafios nessa trajetória, e os impactos da pandemia para a rede de proteção de direitos das crianças e adolescentes. O programa vai ao ar às 21h e também ficará disponível no Futura Play. 

Crescer sem Violência

Parceria da Childhood Brasil, Unicef Brasil e Canal Futura, o projeto Crescer Sem Violência tem como objetivo disseminar informações de qualidade e metodologias para enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes de modo informativo, atraente e sem exposição. Em diferentes partes do país, o Crescer Sem Violência conta com ações presenciais de capacitação de educadores e profissionais da rede de proteção à criança e ao adolescente e distribuição de material pedagógico formando uma grande rede de mobilização. O projeto conta ainda com três séries audiovisuais: “Que exploração é essa?”, “Que abuso é esse?” e “Que corpo é esse?”.

 

LEIA MAIS

Saúde, segurança pública, retomadas das aulas e racismo foram os principais temas discutidos

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra