Neste domingo, o Dia de Santo Antônio, o casamenteiro

Apesar de não ter em seus sermões nada específico sobre casamentos, ele ficou conhecido como aquele que ajuda mulheres a encontrarem um marido
sexta-feira, 11 de junho de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Neste domingo, o Dia de Santo Antônio, o casamenteiro

Neste domingo, 13,  é comemorado o dia de Santo Antônio. Católicos de todo o mundo comemoram a data do santo conhecido pela fama de "casamenteiro'' e é um dos santos mais populares do Brasil, também considerado um dos mais importantes do Catolicismo. A data de sua celebração é a mesma em que ocorreu o seu falecimento.

Programação

Diferentemente do ano passado, quando as celebrações foram realizadas apenas por meio de lives, em 2021 os tradicionais festejos ao santo serão realizados com a quantidade permitida de fiéis nos templos, sempre respeitando as determinações das autoridades para evitar a disseminação do coronavírus e as normas sanitárias.

 

Catedral Diocesana São João Batista – Centro

Neste domingo, 13, na Catedral Diocesana haverá a Missa às 8h, 10h e 17h, com distribuição dos pãezinhos de Santo Antônio. Para participar das celebrações é necessário a retirada de senha pelo telefone (22) 2522-1764 (WhatsApp).

 

Capela Santo Antônio – Suspiro

Devido ao contexto pandêmico e às restrições sanitárias, as Missas da tradicional festa em louvor ao padroeiro da Capela Santo Antônio, situada na Praça do Suspiro, em Nova Friburgo, ocorrerão na Igreja Matriz São Francisco de Assis, localizada na Rua Duque de Caxias, no Centro. O Tríduo em honra ao padroeiro está sendo realizado entre os dias 10 e 12 de junho, com a Santa Missa, às 17h. No dia do padroeiro, 13, haverá Missa às 7h30, 9h30 e 17h, com bênção dos pãezinhos. A comunidade é convidada a ajudar levando o seu pão. Para participar das celebrações é necessário o agendamento pelo telefone: (22) 2523-9157. Nestes dias a Capela Santo Antônio, que é um dos pontos turísticos da cidade, estará aberta para a oração dos fiéis, nos seguintes horários: 9h às 12h e 13h às 16h.

 

Paróquia Santo Antônio e Cristo Ressuscitado – Prado

Na Paróquia do Prado também haverá programação especial para o dia de Santo Antônio. Serão realizadas Missas às 8h, 10h, 17h e 19h. Para participar é necessário o agendamento pelo telefone: (22) 2527-5757. Neste dia também será realizada a venda do tradicional Angu à baiana com retirada na cantina da Matriz no valor de R$ 10.

 

Paróquia São Roque – Olaria 

Neste domingo, 13, a Paróquia São Roque, realizará o Almoço de Santo Antônio, com venda de quentinhas, no valor R$ 15. O cardápio é composto arroz, feijão, carne assada ou frango, farofa e salada. Os pedidos devem ser feitos pelo telefone: (22) 99915-5617 (WhatsApp), para delivery (pedido antecipadamente) ou retirada na paróquia, que fica na Rua São Roque, em Olaria, a partir das 12h. Serão distribuídos pãezinhos de Santo Antônio na compra do almoço.

 

Fama de Casamenteiro

Apesar de não ter em seus sermões nada específico sobre casamentos, Santo Antônio ficou conhecido como o santo que ajuda mulheres a encontrarem um marido por conta da ajuda que dava a moças humildes para conseguirem um dote e um enxoval para o casamento.

Uma das histórias que envolve a fama de Santo Antônio é a de que uma moça muito bonita, que havia perdido as esperanças de arranjar um marido, apegou-se a Santo Antônio. Dizem que a mulher adquiriu uma imagem do santo e colocou-a em um pequeno oratório. Todos os dias, a jovem colhia flores e as oferecia a Santo Antônio sempre pedindo que este lhe trouxesse um marido. 

Mas, passaram-se semanas, meses, anos, e nada do noivo aparecer. Então, tomada pelo desgosto e pela ingratidão do santo, ela atira a imagem pela janela. Neste exato momento, passava um jovem cavalheiro que é atingido pela imagem do Santo. Ele apanha a imagem e vai entregar à jovem, que se apaixona por ele e atribui a sua chegada a fé por Santo Antônio.

Entre as simpatias mais populares, acredita-se que as jovens devem comprar uma pequena imagem do Santo e tirar o Menino Jesus do colo, dizendo que só o devolverá quando conseguir encontrar o amor, ou ainda, virar o Santo Antônio de cabeça para baixo.

Padroeiro dos humildes

Apesar de ser conhecido como o “Santo Casamenteiro”, Santo Antônio também recebe o título de “padroeiro dos humildes”, pois ele distribuía alimentos aos menos favorecidos. Daí surgiu o “pão dos pobres”, também conhecido como “pãozinho de Santo Antônio”, “pão bento”, “pão da fartura”, entre outros nomes. 

Quem foi Santo Antônio? 

Santo Antônio ou Fernando Antônio de Bulhões, seu nome de nascença, nasceu em Lisboa, Portugal, em 15 de agosto do ano de 1195. De família nobre e rica, era filho único de Martinho de Bulhões, oficial do exército de Dom Afonso e de Tereza Taveira. Sua formação inicial foi feita pelos cônegos da Catedral de Lisboa. Antônio gostava de estudar e de ficar mais recolhido. Foi cônego regular em Portugal até os 25 anos de idade, quando soube que cinco franciscanos tinham sido martirizados em Marrocos, consequência de tentarem evangelizar infiéis. A partir daí, Santo Antônio decidiu tornar-se um missionário e entrou para a ordem dos frades franciscanos. (Com informações do site jb.com.br e da Diocese de São João Del-Rei)

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: